sicnot

Perfil

Mundo

Papa desagradado com divulgação antecipada da encíclica sobre alterações climáticas

A primeira encíclica do Papa Fancisco, sobre as alterações climáticas, foi hoje divulgada pela revista italiana L'Espresso, através de uma fuga de informação, o que motivou uma reação negativa do Vaticano. 

© Giampiero Sposito / Reuters

Na versão divulgada do documento, que o Vaticano já disse não ser a versão final, cuja divulgação está marcada para quinta-feira, Francisco apela à humanidade para que mude estilos de vida e consumos de energia, sob pena de graves consequências.

Entre estes resultados está uma "destruição inédita do ecossistema" até ao final deste século, o que, prevê o Papa, "vai ter consequências graves para todos". 

Ainda segundo o que foi revelado, o Papa defende que as alterações climáticas são um problema provocado principalmente pelo homem. 

O jornal The Guardian relembra que a divulgação da encíclica, que é uma carta do papa aos bispos, estava marcada para ocorrer antes da ida de Francisco aos Estados Unidos, onde deve discursar na Organização das Nações Unidas (ONU) e no Congresso.

Ao fim da tarde, ainda segundo o jornal britânico, o Vaticano solicitou aos jornalistas que não divulgassem os detalhes do documento, argumentando que não era a versão final e classificando a fuga de informação como "um ato de sabotagem contra o Papa". 










Lusa
  • Marcelo regressa à televisão ao domingo
    0:36

    Programas

    Um ano depois de ser eleito, entre o sucesso popular e o compromisso político, eis a primeira entrevista do Presidente da República. Marcelo Rebelo de Sousa regressa à televisão ao domingo, para uma entrevista exclusiva no Jornal da Noite da SIC.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Descarrilamento de comboio na Índia faz quase 40 mortos
    1:15

    Mundo

    Quase 40 pessoas perderam a vida e mais de 50 ficaram feridas, algumas em estado muito grave, num descarrilamento, no estado de Andhra Pradesh, no sudeste da Índia. O acidente aconteceu às de sábado e a esta hora as equipas de socorro ainda procuram cadáveres por entre os escombros do que resta do comboio.