sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro julgamento no Vaticano por abusos sexuais começa a 11 de julho

O Vaticano anunciou hoje que o primeiro julgamento de um membro da Igreja Católica acusado de abuso sexual de menores começa a 11 de julho e que dois bispos norte-americanos foram demitidos por encobrirem crimes semelhantes.

© Alessandro Bianchi / Reuters

Jozef Wesolowski, antigo núncio (embaixador) na República Dominicana, é acusado de abuso sexual de menores enquanto desempenhava aquelas funções, entre 2008 e 2013, e de posse de pornografia infantil já em Roma, em 2013 e 2014.

O antigo arcebispo, 66 anos, foi discretamente afastado do cargo em 2012, depois de a hierarquia católica ter sido informada de que pagava regularmente a rapazes dominicanos por serviços sexuais.

Se for considerado culpado, Wesolowski pode ser condenado a uma pena de 6 a 10 anos de prisão.

Em junho de 2014, Wesolowski foi afastado da Igreja, mas permaneceu em liberdade até setembro de 2014, quando foi colocado sob prisão domiciliária.

Em comunicado, o Vaticano afirma que "as graves alegações" contra Wesolowski vão ser escrutinadas e, "se necessário", haverá recurso à "cooperação legal internacional para a avaliação da prova testemunhal" obtida na República Dominicana.

As autoridades dominicanas, com as quais o Vaticano afirmou cooperar estreitamente, identificaram pelo menos quatro rapazes vítimas de abuso pelo enviado papal.

O papa Francisco aceitou por outro lado hoje a demissão de dois bispos norte-americanos, o arcebispo de Saint Paul e Minneapolis, John Clayton Nienstedt, e o adjunto, Lee Anthony Piche, acusados de encobrirem casos de abuso sexual de menores por um padre.

O Vaticano não explicita a razão das demissões, mas Nienstedt e Piche foram identificados por associações de vítimas como os responsáveis hierárquicos que ocultaram os abusos sexuais cometidos pelo padre Curtis Wehmeyer.



  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.