sicnot

Perfil

Mundo

Ataque aéreo do regime sírio mata 16 pessoas, das quais 13 crianças

Um ataque da aviação do regime sírio na província de Deraa, no sul do país, causou hoje a morte a pelo menos 16 pessoas, das quais 13 eram crianças, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. 

© Baz Ratner / Reuters

O grande número de crianças falecidas resultou de o ataque ter sido dirigido a uma escola corânica, onde estudavam, na localidade de Al Garia Oriental.

O bombardeamento causou também vários feridos, alguns dos quais estão em estado grave, pelo que aquela organização não-governamental admite que o número de vítimas mortais aumente. 

Nos arredores de Al Garia Oriental registaram--se recentemente combates entre o exército sírio e rebeldes da Frente Sulista, o principal grupo opositor que opera nas províncias meridionais do país. 

O ataque do regime de Damasco sucede ao que os insurrectos realizaram na segunda-feira, com o lançamento de foguetes em Alepo, a maior cidade do norte da Síria, do que terá resultado a morte de dezenas de civis. 

Segundo o Observatório, o impacto destes projéteis causou 34 mortos e 190 feridos, enquanto meios de comunicação ligados ao regime mencionam 23 mortos e mais de cem feridos. 










Lusa
  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57