sicnot

Perfil

Mundo

EUA proíbem utilização de gordura artificial nos produtos alimentares

Os Estados Unidos proibiram esta terça-feira gorduras artificiais nos produtos alimentares, depois de concluírem que aquelas substâncias são prejudiciais para a saúde, dando três anos para as remover da indústria alimentar.

"Os óleos vegetais parcialmente hidrogenados, principal fonte alimentar de ácidos gordos artificiais na produção industrial de alimentos, não são considerados seguros para uso na alimentação humana", disse a Agência para a Regulamentação dos Alimentos e Medicamentos (FDA) norte-americana. (Arquivo)

"Os óleos vegetais parcialmente hidrogenados, principal fonte alimentar de ácidos gordos artificiais na produção industrial de alimentos, não são considerados seguros para uso na alimentação humana", disse a Agência para a Regulamentação dos Alimentos e Medicamentos (FDA) norte-americana. (Arquivo)

Petros Giannakouris / AP

"Os óleos vegetais parcialmente hidrogenados, principal fonte alimentar de ácidos gordos artificiais na produção industrial de alimentos, não são considerados seguros para uso na alimentação humana", disse a Agência para a Regulamentação dos Alimentos e Medicamentos (FDA) norte-americana.

Em 2013, a FDA já tinha considerado aquelas gorduras eram nocivas para a saúde, mas a agência estava à espera de ouvir todas as partes interessadas, nomeadamente movimentos de consumidores e indústria alimentar, para anunciar a sua decisão.

"Esta decisão mostra o compromisso da FDA para proteger a saúde do coração de todos os norte-americanos. Isto deve reduzir a doença cardíaca coronária e prevenir milhares de ataques cardíacos todos os anos", disse Stephen Ostroff, diretor interino da agência.

Lusa
  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.