sicnot

Perfil

Mundo

Estudo associa chocolate a menor risco cardiovascular

Investigadores britânicos afirmaram esta segunda-feira que o consumo de chocolate pode "estar associado" a uma redução do risco de doenças cardiovasculares, mas não apresentaram qualquer prova de uma ligação direta entre o cacau e artérias saudáveis. 

De acordo com as observações efetuadas, as pessoas que declararam consumir mais chocolate sofreram estatisticamente menos doenças cardiovasculares. (Arquivo)

De acordo com as observações efetuadas, as pessoas que declararam consumir mais chocolate sofreram estatisticamente menos doenças cardiovasculares. (Arquivo)

© Thomas Mukoya / Reuters

O consumo de chocolate preto já foi associado, em vários estudos anteriores, a uma melhor saúde cardiovascular, mas sem que fosse estabelecida qualquer relação de causa e efeito. 

Para este estudo, um grupo de investigadores britânicos analisou as correlações entre consumo de chocolate e saúde cardiovascular num grupo de 25 mil homens e mulheres residentes em Norfolk (leste de Inglaterra), que acompanhou, em média, durante uma dezena de anos, publicando num artigo 'online' na revista especializada britânica 'Heart' (Coração).  

Os cientistas relacionaram a quantidade de chocolate que os participantes afirmavam consumir e os dados sobre a sua saúde cardiovascular: nível de colesterol, ocorrência de acidente cardíaco, ou de acidente vascular cerebral (AVC). 

De acordo com as observações efetuadas, as pessoas que declararam consumir mais chocolate sofreram estatisticamente menos doenças cardiovasculares. 

"Segundo este estudo (...), um consumo superior de chocolate, que pode ir até aos 100 gramas por dia, está associado a um menor risco de doença coronária e de AVC (...)", indicaram os investigadores, num artigo publicado 'online' na revista especializada britânica Heart (Coração). 

Mas os autores reconheceram também que os indivíduos que disseram comer mais chocolate são, em média, mais jovens, mais magros, em melhor condição física e praticam mais desporto. 

É possível que seja o estilo de vida mais do que o chocolate a diminuir a ocorrência de doenças cardiovasculares neste grupo de pessoas, admitem. 

Por outro lado, as pessoas observadas, que sabem correr o risco de sofrer de doenças cardiovasculares, podem ter tendência a limitar o consumo de chocolate, acrescentaram. 

"Apesar de tudo, os elementos acumulados registados neste estudo sugerem que um elevado consumo de chocolate poderá estar associado a benefícios cardiovasculares", concluíram os investigadores.
Lusa
  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.