sicnot

Perfil

Mundo

Estudo associa chocolate a menor risco cardiovascular

Investigadores britânicos afirmaram esta segunda-feira que o consumo de chocolate pode "estar associado" a uma redução do risco de doenças cardiovasculares, mas não apresentaram qualquer prova de uma ligação direta entre o cacau e artérias saudáveis. 

De acordo com as observações efetuadas, as pessoas que declararam consumir mais chocolate sofreram estatisticamente menos doenças cardiovasculares. (Arquivo)

De acordo com as observações efetuadas, as pessoas que declararam consumir mais chocolate sofreram estatisticamente menos doenças cardiovasculares. (Arquivo)

© Thomas Mukoya / Reuters

O consumo de chocolate preto já foi associado, em vários estudos anteriores, a uma melhor saúde cardiovascular, mas sem que fosse estabelecida qualquer relação de causa e efeito. 

Para este estudo, um grupo de investigadores britânicos analisou as correlações entre consumo de chocolate e saúde cardiovascular num grupo de 25 mil homens e mulheres residentes em Norfolk (leste de Inglaterra), que acompanhou, em média, durante uma dezena de anos, publicando num artigo 'online' na revista especializada britânica 'Heart' (Coração).  

Os cientistas relacionaram a quantidade de chocolate que os participantes afirmavam consumir e os dados sobre a sua saúde cardiovascular: nível de colesterol, ocorrência de acidente cardíaco, ou de acidente vascular cerebral (AVC). 

De acordo com as observações efetuadas, as pessoas que declararam consumir mais chocolate sofreram estatisticamente menos doenças cardiovasculares. 

"Segundo este estudo (...), um consumo superior de chocolate, que pode ir até aos 100 gramas por dia, está associado a um menor risco de doença coronária e de AVC (...)", indicaram os investigadores, num artigo publicado 'online' na revista especializada britânica Heart (Coração). 

Mas os autores reconheceram também que os indivíduos que disseram comer mais chocolate são, em média, mais jovens, mais magros, em melhor condição física e praticam mais desporto. 

É possível que seja o estilo de vida mais do que o chocolate a diminuir a ocorrência de doenças cardiovasculares neste grupo de pessoas, admitem. 

Por outro lado, as pessoas observadas, que sabem correr o risco de sofrer de doenças cardiovasculares, podem ter tendência a limitar o consumo de chocolate, acrescentaram. 

"Apesar de tudo, os elementos acumulados registados neste estudo sugerem que um elevado consumo de chocolate poderá estar associado a benefícios cardiovasculares", concluíram os investigadores.
Lusa
  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21