sicnot

Perfil

Mundo

Consumo de gin adulterado mata 70 pessoas na Nigéria

Pelo menos 70 pessoas morreram no sul da Nigéria depois de terem ingerido um gin de fabrico artesanal que continha uma grande quantidade de metanol, uma substância muito tóxica, divulgaram esta quarta-feira responsáveis locais. 

(Arquivo)

(Arquivo)

© Mario Anzuoni / Reuters

Segundo Somiari Harry, responsável pelo departamento de saúde pública do Estado de Rivers (sul), as mortes foram registadas após o consumo de ogogoro, designação local para um gin artesanal, em cinco localidades diferentes daquela região.

"Até agora, o balanço das vítimas que consumiram ogogoro é de 70", afirmou o representante, em declarações à agência noticiosa francesa AFP.

O ogogoro, uma bebida muito barata e muito popular na Nigéria, é feito a partir da seiva das palmeiras de ráfia.

Esta bebida contém geralmente entre 30 a 60 graus de álcool, razão pela qual a bebida é proibida em alguns Estados.

Após estas mortes, que começaram a ser contabilizadas no início deste mês, as autoridades de Rivers decidiram proibir a fabricação, distribuição e a venda em retalho desta bebida naquele Estado.

O diretor do centro de controlo de doenças do Estado de Rivers, Nnanna Onyekwere, confirmou o balanço de vítimas mortais.

Segundo o responsável, no total, pelo menos 80 pessoas sofreram de intoxicação devido à ingestão desta bebida.

As análises realizadas revelaram que "a bebida tinha fortes doses de metanol, que é prejudicial para a saúde", precisou Nnanna Onyekwere, acrescentando que não foram registados novos casos na última semana.

Em abril passado, cerca de 20 pessoas morreram na cidade de Ode-Irele, no sudeste da Nigéria, depois do consumo deste gin artesanal.

Solvente industrial altamente tóxico, o metanol, também designado como álcool metílico, é também utilizado como combustível e anticongelante.
Lusa
  • A moda dos gins
    4:41

    País

    A bebida da moda não é barata, mas parece ter vindo para ficar. Em quase todos os bares se servem cada vez mais copos de balão cheios de gin tónico. A bebida pode custar 20 euros por copo, no entanto, apesar do preço há cada vez mais fãs.

  • Equipa da SIC impedida de entrar na Venezuela

    País

    A SIC tinha uma equipa a caminho da Venezuela para cobrir as eleições da Assembleia Constituinte que decorrem no domingo. No entanto o jornalista Luís Garriapa e o repórter de imagem Odacir Junior foram impedidos de entrar no país. A equipa de reportagem foi barrada à chegada ao aeroporto de Caracas. Num despacho enviado à companhia aérea que os transportou, tanto o jornalista como o repórter de imagem são considerados "inadmissíveis no território da Venezuela".

  • "Fomos considerados inadmissíveis no território da Venezuela"
    4:43

    País

    O jornalista Luís Garriapa entrou em direto no Jornal da Noite, para explicar o que aconteceu esta quinta-feira, no aeroporto de Caracas. A equipa de reportagem de SIC foi impedida de entrar na Venezuela, onde ia cobrir as eleições da Assembleia Constituinte, marcadas para domingo.

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25
  • Costa alerta para "condições particularmente adversas"
    1:47

    País

    O primeiro-ministro alertou para a possibilidade de novos incêndios de grandes dimensões, muito por causa da situação de seca que grande parte do território atravessa. António Costa pediu aos portugueses um "particular cuidado com todos os comportamentos de risco".

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • Temperaturas vão baixar nos próximos dias
    1:05
  • Quase três mil toneladas de plástico ameçam tartarugas no Mediterrâneo
    2:35