sicnot

Perfil

Mundo

Mês de maio foi o mais quente desde o final do século XIX

O mês de maio foi o mais quente desde o final do século XIX. A revelação foi feita hoje pela Agência oceânica e atmosférica dos Estados Unidos que comparou a temperatura média registada no mês passado em todo o Mundo com os meses hómologos dos últimos 136 anos. 

Mahesh Kumar A.

Para tal, muito contribuiu a vaga de calor que afetou a Índia e matou pelo menos 2.200 pessoas. Este semestre é, também, o mais quente desde que há registos. 

A agência sublinha que continua a verificar-se o aquecimento global da Terra.
  • Temperaturas vão subir
    1:43

    País

    Depois de um fim de semana de chuva, o sol e o calor estão de regresso a todo o país. As temperaturas começam a subir, a partir de hoje, e até ao final da semana prevê-se que ultrapassem os 30 graus.

  • Calor está de volta

    País

    As temperaturas vão subir gradualmente a partir de hoje, prevendo-se que no final da semana estejam acima dos 30 graus Celsius, disse hoje à Lusa a meteorologista Paula Leitão, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera. 

  • Évora e Beja sob aviso amarelo devido ao calor

    País

    Os distritos de Évora e Beja estão hoje sob aviso amarelo devido ao aumento da temperatura máxima, com persistência de valores elevados, de acordo com a informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC