sicnot

Perfil

Mundo

Papa visita República Centro-Africana e Uganda de 27 a 29 de novembro

O papa Francisco vai visitar o Uganda e a República Centro-Africana de 27 a 29 de novembro, na sua primeira viagem a África, anunciou esta sexta-feira o Vaticano. 

Francisco, que publicou na quinta-feira uma encíclica sobre o ambiente, empreendeu no Vaticano uma difícil reforma da Cúria Romana (o governo da Igreja Católica), enquanto continua a preparar o sínodo (reunião de bispos) sobre a família. (Arquivo)

Francisco, que publicou na quinta-feira uma encíclica sobre o ambiente, empreendeu no Vaticano uma difícil reforma da Cúria Romana (o governo da Igreja Católica), enquanto continua a preparar o sínodo (reunião de bispos) sobre a família. (Arquivo)

© Giampiero Sposito / Reuters

A informação foi publicada no 'site' da prefeitura da casa pontifícia do Vaticano. 

O papa argentino tinha referido diversas vezes, nos últimos meses, um projeto de viagem a África em novembro. 

"Se Deus quiser, irei em novembro à República Centro-Africana e depois ao Uganda", disse há uma semana perante milhares de padres de todo o mundo, reunidos na basílica de São João de Latrão. 

Na República Centro-Africana, a viagem vai decorrer "antes da mudança de Presidente e no Uganda por ocasião do 50.º aniversário da canonização" de 22 jovens mártires por Paulo VI em 1984, na primeira visita de um papa a África, disse Francisco.

Este anúncio papal acontece depois das autoridades de transição centro-africanas terem publicado um novo calendário eleitoral, com as eleições presidenciais marcadas para 18 de outubro e uma eventual segunda volta a 22 de novembro. 

Na República Centro-Africana a violência inter-religiosa causou milhares de vítimas entre 2013 e o ano passado. O Uganda continua sob a ameaça das milícias islâmicas 'shebab', da vizinha Somália. 

Francisco, que publicou na quinta-feira uma encíclica sobre o ambiente, empreendeu no Vaticano uma difícil reforma da Cúria Romana (o governo da Igreja Católica), enquanto continua a preparar o sínodo (reunião de bispos) sobre a família. 

Após uma deslocação ao Sri Lanka e às Filipinas em janeiro, o papa visita em julho o Equador, a Bolívia e o Paraguai. Em setembro estará em Cuba e depois nos Estados Unidos e discursará na ONU. 
Lusa
  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.