sicnot

Perfil

Mundo

Papa visita República Centro-Africana e Uganda de 27 a 29 de novembro

O papa Francisco vai visitar o Uganda e a República Centro-Africana de 27 a 29 de novembro, na sua primeira viagem a África, anunciou esta sexta-feira o Vaticano. 

Francisco, que publicou na quinta-feira uma encíclica sobre o ambiente, empreendeu no Vaticano uma difícil reforma da Cúria Romana (o governo da Igreja Católica), enquanto continua a preparar o sínodo (reunião de bispos) sobre a família. (Arquivo)

Francisco, que publicou na quinta-feira uma encíclica sobre o ambiente, empreendeu no Vaticano uma difícil reforma da Cúria Romana (o governo da Igreja Católica), enquanto continua a preparar o sínodo (reunião de bispos) sobre a família. (Arquivo)

© Giampiero Sposito / Reuters

A informação foi publicada no 'site' da prefeitura da casa pontifícia do Vaticano. 

O papa argentino tinha referido diversas vezes, nos últimos meses, um projeto de viagem a África em novembro. 

"Se Deus quiser, irei em novembro à República Centro-Africana e depois ao Uganda", disse há uma semana perante milhares de padres de todo o mundo, reunidos na basílica de São João de Latrão. 

Na República Centro-Africana, a viagem vai decorrer "antes da mudança de Presidente e no Uganda por ocasião do 50.º aniversário da canonização" de 22 jovens mártires por Paulo VI em 1984, na primeira visita de um papa a África, disse Francisco.

Este anúncio papal acontece depois das autoridades de transição centro-africanas terem publicado um novo calendário eleitoral, com as eleições presidenciais marcadas para 18 de outubro e uma eventual segunda volta a 22 de novembro. 

Na República Centro-Africana a violência inter-religiosa causou milhares de vítimas entre 2013 e o ano passado. O Uganda continua sob a ameaça das milícias islâmicas 'shebab', da vizinha Somália. 

Francisco, que publicou na quinta-feira uma encíclica sobre o ambiente, empreendeu no Vaticano uma difícil reforma da Cúria Romana (o governo da Igreja Católica), enquanto continua a preparar o sínodo (reunião de bispos) sobre a família. 

Após uma deslocação ao Sri Lanka e às Filipinas em janeiro, o papa visita em julho o Equador, a Bolívia e o Paraguai. Em setembro estará em Cuba e depois nos Estados Unidos e discursará na ONU. 
Lusa
  • Pescador desaparecido no rio Minho, em Alvaredo, Melgaço

    País

    O pescador desapareceu na noite deste sábado no rio Minho, em Alvaredo, no concelho de Melgaço, distrito de Viana do Castelo. Segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil estão envolvidos nas buscas 15 operacionais e quatro viaturas.

  • Portugal vai testar capacidade de resposta a ciberataque
    0:22

    País

    O exercício está marcado para os dias 09 e 10 de maio e é o primeiro a nível nacional a testar um ciberataque em Portugal. O teste é organizado pelo Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) para apurar "o "grau de preparação" das várias entidades públicas e privadas, mas já conclusões a ter em conta. Segundo o coordenador do CNCS, Pedro Veiga confirma-se tendência para os ataques serem cada vez mais sofisticados e é preciso alertar a população para o que publicam na internet e se pode colocar em risco a privacidade e a segurança.

  • Mont-Saint-Michel evacuado "por precaução"

    Mundo

    O monumento do Monte Saint-Michel, no oeste de França, foi evacuado hoje de manhã "por precaução", tendo sido retirados os turistas e habitantes devido à presença de um suspeito que ameaçou as forças da ordem, anunciou a polícia francesa.

  • As suspeitas que recaem sobre Ricardo Salgado e Manuel Pinho
    2:00