sicnot

Perfil

Mundo

23 mil foram a Stonehenge ver nascer do sol no solstício de verão

Cerca de 23 mil pessoas juntaram-se hoje junto ao monumento megalítico de Stonehenge, em Inglaterra, para assinalar o solstício de verão, segundo a polícia do condado de Wiltshire, no sudoeste do país, adiantou a agência espanhola EFE.

© Kieran Doherty / Reuters


As forças de segurança estimam que cerca de 23 mil pessoas acorreram ao local para contemplar o nascer do sol no dia mais longo do ano, que aconteceu pelas 04:52 locais (mesma hora em Lisboa).

Ainda assim, a assistência a este acontecimento, referiu a polícia, foi consideravelmente menor do que a registada no ano passado.

As autoridades tinham previsto uma afluência a Stonehenge na ordem das 30 mil pessoas, mas a previsão de céu nublado pode ter levado muitas pessoas a ficar em casa.

De acordo com o chefe da polícia de Wiltshire, Gavin Williams, o evento foi "um grande êxito" e as celebrações do solstício de verão, que decorreram ao som de tambores, foram "pacíficas e positivas".

Este ano foram detidas menos pessoas do que no ano anterior, e só nove foram detidas por posse de drogas.

Stonehenge, também chamado "O Templo do Sol", tem cerca de cinco mil anos de existência. Onde há cinco milénios se celebraram várias cerimónias religiosas, assinalam-se agora os solstícios de verão e de inverno.

Há várias décadas que é tradição em Inglaterra acorrer a Stonehenge para celebrar a chegada do verão, uma vez que se permite o acesso ao anel formado pelas pedras do conjunto arqueológico.

Declarado património da Humanidade pela UNESCO em 1986, Stonehenge é um monumento em semicírculo, e os arqueólogos nunca conseguiram confirmar se alguma fez formou um círculo perfeito.

Cerca de um milhão de turistas visitam anualmente este local no Reino Unido.

  • "Foi o momento mais difícil da minha vida", disse a ministra emocionada
    3:24
  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35

    País

    A Força Aérea portuguesa é a única força militar, para além da norte-americana, que pode mexer em praticamente todo o motor de um caça F-16. Na base aérea de Monte Real há uma fábrica de caças que pode levar o país a comprar mais aviões às peças, para revender a outras forças militares.

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • Fui contactado por um espectador do “Contas-Poupança” (quartas-feiras, Jornal da Noite, SIC) e leitor do blogue www.contaspoupanca.pt, que foi surpreendido com uma carta do banco a aumentar o spread porque um dos serviços que tinha subscrito tinha sido extinguido. Neste caso específico, a domiciliação de ordenado. Ora, o cliente ficou estupefacto porque não mudou de empresa, não foi despedido nem tinha havido nenhuma alteração no recebimento do ordenado naquela conta.

    Pedro Andersson

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Temer acusado de prejudicar Polícia Federal
    2:36
  • Trump interrompe telefonema para elogiar jornalista

    Mundo

    A jornalista irlandesa Caitriona Perry viu-se esta terça-feira envolvida num momento que a própria classificou de "bizarro": um encontro inesperado com Donald Trump, que interrompeu um telefonema com o primeiro-ministro irlandês para... a elogiar.

    SIC

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.