sicnot

Perfil

Mundo

Estado Islâmico acusado de colocar minas junto às antigas ruínas de Palmira

Militantes do grupo Estado Islâmico (EI) colocaram minas terrestres e explosivos junto das antigas ruínas da cidade de Palmira, na Síria, disse hoje uma fonte à agência AFP, garantindo que o objetivo desta ação "não era claro".

© Khaled Al Hariri / Reuters

Um dos responsáveis do departamento de antiguidades da Síria, contactado por telefone, a partir de Damasco, disse à AFP que tinha recebido informações e relatos de moradores da cidade de Palmira sobre a colocação de explosivos nessa zona.

Por sua vez, o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, que tem uma rede de fontes no terreno, garantiu que, no sábado, foram colocadas minas e explosivos junto às ruínas de Palmira, na província central de Homs, na Síria.

"Não se sabe se o objetivo é fazer explodir as ruínas ou impedir que as forças leais ao regime Sírio possam avançar para a cidade", disse o diretor do observatório, Rami Abdel Rahman.

De acordo com este responsável, as forças do regime lançaram ataques aéreos contra a parte residencial de Palmira nos últimos três dias, tendo matado pelo menos 11 pessoas.

"As forças do regime trouxeram reforços para a periferia de Palmira nos últimos dias, que indicam que podem estar a planear uma operação para retomar a cidade", concluiu.

Palmira é famosa pela suas vastas e bem preservadas ruínas greco-romano e está nas mãos dos rebeldes do grupo Estado Islâmico desde maio deste ano.







Lusa
  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27