sicnot

Perfil

Mundo

Estado Islâmico acusado de colocar minas junto às antigas ruínas de Palmira

Militantes do grupo Estado Islâmico (EI) colocaram minas terrestres e explosivos junto das antigas ruínas da cidade de Palmira, na Síria, disse hoje uma fonte à agência AFP, garantindo que o objetivo desta ação "não era claro".

© Khaled Al Hariri / Reuters

Um dos responsáveis do departamento de antiguidades da Síria, contactado por telefone, a partir de Damasco, disse à AFP que tinha recebido informações e relatos de moradores da cidade de Palmira sobre a colocação de explosivos nessa zona.

Por sua vez, o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, que tem uma rede de fontes no terreno, garantiu que, no sábado, foram colocadas minas e explosivos junto às ruínas de Palmira, na província central de Homs, na Síria.

"Não se sabe se o objetivo é fazer explodir as ruínas ou impedir que as forças leais ao regime Sírio possam avançar para a cidade", disse o diretor do observatório, Rami Abdel Rahman.

De acordo com este responsável, as forças do regime lançaram ataques aéreos contra a parte residencial de Palmira nos últimos três dias, tendo matado pelo menos 11 pessoas.

"As forças do regime trouxeram reforços para a periferia de Palmira nos últimos dias, que indicam que podem estar a planear uma operação para retomar a cidade", concluiu.

Palmira é famosa pela suas vastas e bem preservadas ruínas greco-romano e está nas mãos dos rebeldes do grupo Estado Islâmico desde maio deste ano.







Lusa
  • CDS quer que Governo revele detalhes do negócio do Novo Banco
    0:46

    Economia

    O CDS considera fundamental que o Governo revele os detalhes do negócio do Novo Banco para que pare com a especulação. Os centristas guardam uma posição política para depois de serem conhecidos os pormenores e lembram, mais uma vez, que o Executivo tem uma maioria parlamentar de Esquerda que o apoia.

  • ASAE faz doação de roupa apreendida
    1:15

    País

    A ASAE doou cerca de 200 peças de vestuário à Associação CAIS, apreendidas em ações de fiscalização. O valor destas peças é de quase 10 mil euros. Em 2016, a ASAE fez 100 ações de doação, um total de aproximadamente 14 mil peças.

  • PSD tem dúvidas sobre legalidade da taxa de proteção civil de Lisboa
    0:33

    País

    O PSD disse esta quarta-feira que a taxa de proteção civil da Câmara de Lisboa é um imposto e tem dúvidas sobre a legalidade. Numa reação ao envio deste diploma para o Tribunal Constitucional pelo Provedor de Justiça, os sociais-democratas deixaram ainda a promessa de acabar com a taxa, caso vençam as eleições na capital.

  • Conheça o Spa para recém-nascidos
    1:28

    Mundo

    Chama-se Baby Spa Perth e fica na Austrália. Nos últimos dias, o mundo ficou a conhecer este spa graças às fotografias dos bebés com as boias, que se tornaram virais nas redes sociais. O spa tem hidroterapia personalizada e massagens relaxantes. A boia, Bubby, permite que os bebés possam flutuar na água, sozinhos e em segurança.

    Patrícia Almeida

  • A rã que brilha no escuro
    2:08

    Mundo

    É a última descoberta do reino animal. Foi encontrada acidentalmente na Argentina uma nova espécie de rã, fluorescente.