sicnot

Perfil

Mundo

Papa Francisco apela ao ocidente para não tratar migrantes como mercadorias

O papa Francisco apelou hoje ao ocidente para não tratar os migrantes como "mercadorias" e denunciou as organizações mafiosas assim como a corrupção quase "normais" em Itália, durante a sua primeira visita a Turim, adiantou a agência AFP.

© Giorgio Perottino / Reuters

"O espetáculo dos últimos dias desses seres humanos tratados como mercadorias faz chorar", declarou o papa, que se dirigia a representantes laborais, na Piazzetta Reale, em Turim.

Num momento em que a União Europeia se divide sobre o acolhimento aos migrantes, o papa Francisco condenou mais uma vez as manifestações de rejeição destas pessoas, particularmente percetíveis no norte industrializado de Itália.

"Se a imigração aumenta a concorrência, os migrantes não podem ser tidos como responsáveis, uma vez que são vítimas de injustiça, de uma economia de rejeição e de guerras", disse o papa.

O sumo pontífice está em Turim para assinalar a ostensão (exposição pública) do Santo-Sudário na catedral de São João Baptista, que termina a 24 de junho.










Lusa
  • Oposição aproveita debate quinzenal para questões sobre a CGD
    2:35

    Caso CGD

    A oposição aproveitou o debate quinzenal para questionar o primeiro-ministro sobre a polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos. O CDS exigiu provas de António Costa para afirmar que as contas do banco foram maquilhadas e o PSD perguntou ao primeiro-ministro se não estranha a demissão de António Domingues quando este apresentou a declaração de rendimentos.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.