sicnot

Perfil

Mundo

Milhares de cães torturados em festival na China

Milhares de cães são torturados e comidos num "Festival de carne de cão", que decorre na cidade chinesa de Yulin e que é organizado por dezenas de restaurantes, apesar das críticas internacionais ao evento, que o consideram cruel e anti-higiénico.

Os proprietários dos restaurantes consideram a ingestão de carne de cão uma tradição durante o período do verão, enquanto ativistas dos direitos dos animais defendem que o festival não tem qualquer valor cultural e foi inventado apenas por razões financeiras.

Os proprietários dos restaurantes consideram a ingestão de carne de cão uma tradição durante o período do verão, enquanto ativistas dos direitos dos animais defendem que o festival não tem qualquer valor cultural e foi inventado apenas por razões financeiras.

© Kim Kyung Hoon / Reuters

Cerca de 10 mil cães, alguns deles roubados, são torturados e cozinhados para o festival, que decorre na região autónoma de Guangxi Zhuang, uma região pobre e maioritariamente rural.

Milhares de residentes e visitantes reúnem-se em pequenos grupos e celebram, neste evento, o solstício de verão.

O Governo de Yulin distanciou-se do festival e anunciou novas restrições, mas a forte adesão faz com que os benefícios económicos sejam sobrepostos a qualquer impedimento.

Os proprietários dos restaurantes consideram a ingestão de carne de cão uma tradição durante o período do verão, enquanto ativistas dos direitos dos animais defendem que o evento não tem qualquer valor cultural e foi inventado apenas por razões financeiras.

Várias celebridades, como são os casos do comediante britânico Ricky Gervais e da modelo brasileira Gisele Bundchen, apelaram para o fim do festival, e mais de três milhões de pessoas já assinaram petições contra a realização do evento.
  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.