sicnot

Perfil

Mundo

ONU condena ataque ao parlamento afegão

O Conselho de Segurança da ONU condenou na segunda-feira o ataque levado a cabo por rebeldes contra o parlamento afegão em Cabul, denunciando uma "flagrante falta de respeito pela democracia". 

© Stringer Afghanistan / Reuter

Numa declaração adotada por consenso na noite de segunda-feira, os 15 países-membros "condenaram veementemente este ataque terrorista" que causou dois mortos. 

Eles denunciaram "a flagrante falta de respeito pela democracia e a legalidade que representa um ataque contra os representantes eleitos do povo afegão". 

Os 15 membros do Conselho de Segurança reafirmaram que "nenhum ato de violência ou de terrorismo pode desviar o Afeganistão do seu caminho em direção à paz, democracia e estabilidade". 

O ataque ocorreu pelas 10:30 locais (07:00 em Lisboa) de segunda-feira e terminou duas horas mais tarde com a morte dos sete atacantes, segundo Najib Danish, porta-voz adjunto do Ministério do Interior.

Todos os deputados, incluindo os que estavam na sessão parlamentar no momento do ataque, estão a salvo, informou o chefe da polícia de Cabul, Abdul Rahman Rahimi.



Lusa