sicnot

Perfil

Mundo

Polícia antimotim dispersa centenas de manifestantes na Arménia

galeria de fotos

A polícia antimotim dispersou hoje centenas de manifestantes que protestavam em frente ao palácio presidencial de Erevan, a capital da Arménia, contra o aumento das tarifas de eletricidade, noticia a AFP. 

© Stringer . / Reuters

VAKHRAM BAGHDASARYAN/PHOTOLURE

VAKHRAM BAGHDASARYAN/PHOTOLURE

© Stringer Shanghai / Reuters

© Stringer Shanghai / Reuters

© Stringer Shanghai / Reuters

© Stringer . / Reuters

As forças da ordem intervieram ao amanhecer, recorrendo a balas de borracha e canhões de água para dispersar os manifestantes.

Segundo a agência Efe, pelo menos 18 pessoas, incluindo 11 polícias, ficaram feridas e cerca de 250 foram detidas. 

A AFP escreve que polícias à paisana atuaram contra os jornalistas, confiscando material ou destruindo equipamentos. 

Na noite de segunda-feira, cerca de 4.000 pessoas concentraram-se em frente ao palácio presidencial e algumas centenas pernoitaram no local. 



Lusa
  • Governo enfrenta vaga de contestação
    2:35

    Economia

    O Governo enfrenta uma onda de contestação. Guardas prisionais, procuradores, professores, médicos e enfermeiros descontentes ameaçam com greves nos diferentes setores, já nos meses de março e abril.

  • Bastonário dos médicos diz que a classe deixou de acreditar no ministro da Saúde
    2:24

    País

    Desde Março do ano passado que perto de mil médicos especialistas aguardam colocação nos hospitais. O concurso, prometido várias vezes pelo ministro da Saúde, não abriu ainda por falta de autorização do Ministério das Finanças. Amanhã, quinta-feira, um grupo destes médicos vai à Assembleia da República entregar uma carta que entretanto já seguiu para os ministros da Saúde e Finanças.

  • Proposta criação de 77 mil empregos através de uma descida da TSU
    1:23
  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25