sicnot

Perfil

Mundo

Protesto de trabalhadores provoca fila interminável no túnel da Mancha

O trânsito foi esta terça-feira suspenso no túnel do Canal da Mancha, depois de trabalhadores portuários terem ateado fogo a uns pneus no terminal do lado francês. O protesto originou uma fila interminável de camiões, que ficaram impedidos de fazer a travessia entre a França e a Inglaterra. 

Os trabalhadores portuários temem os despedimentos, devido à reestruturação da empresa que gere os ferrys no túnel da Mancha.

Os trabalhadores portuários temem os despedimentos, devido à reestruturação da empresa que gere os ferrys no túnel da Mancha.

Lusa

Com tantos camiões parados, centenas de migrantes correram para os veículos na esperança de conseguirem esconder-se a bordo e chegar ao Reino Unido. 

Os trabalhadores portuários temem os despedimentos, devido à reestruturação da empresa que gere os ferrys no túnel da Mancha.
  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite