sicnot

Perfil

Mundo

Autor do duplo atentado de Boston hoje condenado formalmente à pena de morte

Um dos autores do duplo atentado perpetrado em 2013 em Boston, Dzhokhar Tsarnaev, de 21 anos, será hoje condenado formalmente à pena de morte por um juiz federal dos Estados Unidos.

© Handout . / Reuters

O ex-estudante universitário muçulmano, de origem chechena, foi condenado à pena capital por um painel de jurados no passado dia 15 de maio.

O mesmo painel de jurados considerou, por unanimidade, a 08 de abril que Dzhokhar Tsarnaev era culpado pelo duplo atentado bombista. 

O duplo atentado perpetrado a 15 de abril de 2013 matou três pessoas e feriu outras 264. 

Nesse dia, duas bombas artesanais explodiram junto da linha de chegada da popular maratona de Boston (Estado de Massachusetts, nordeste dos Estados Unidos).

O atentado foi considerado como o mais grave nos Estados Unidos desde os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.

Durante o julgamento, o Ministério Público caracterizou o jovem como um terrorista implacável, que agia com sangue frio e que tinha como objetivo "aterrorizar" a América.

Por seu lado, a defesa apresentou Dzhokhar Tsarnaev como um "rapaz perdido" que foi influenciado pelo irmão mais velho, o outro coautor do atentado, para cometer tais atos. 

O irmão mais velho de Dzhokhar, Tamerlan Tsarnaev, de 26 anos, acabou por ser morto durante uma perseguição policial.

A sentença do jovem, possível ao abrigo da lei federal, gerou alguma controvérsia no Estado de Massachusetts, que aboliu a pena capital em 1947. Várias sondagens de opinião sugeriram que muitos habitantes deste Estado eram favoráveis a uma sentença de prisão perpétua.

No passado dia 18 de junho, um amigo dos irmãos Tsarnaev foi condenado a dois anos e meio de prisão por ter mentido aos investigadores da polícia e por ter apagado documentos de um computador.

Khairullozhon Matanov, um motorista de táxi de 24 anos oriundo do Quirguistão, foi o quarto amigo dos irmãos Tsarnaev a ser condenado à prisão.



SCA // JMR

Lusa/Fim

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Árbitros recuam e vão apitar jogos do próximo fim de semana

    Desporto

    Os árbitros recuaram esta quarta-feira na intenção de não comparecer nos jogos do próximo fim de semana. Depois de na terça-feira a maioria dos juízes terem apresentado um pedido de dispensa dos jogos da 12.ª jornada do campeonato, esta quarta-feira adiaram a decisão após uma reunião com o Conselho de Arbitragem.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50

    País

    A água é um recurso essencial para todos os organismos vivos, comunidades e atividades económicas. Num país com situações de secas recorrentes, que tendem a ser agravadas pelas alterações climáticas, o que aprendemos com anteriores episódios de escassez de água? Como usar a água para que não falte no futuro? "Água Sob Pressão" foi o tema desta Grande Reportagem, de Carla Castelo (jornalista), Manuel Ferreira (Imagem), Gonçalo Freitas (Edição de imagem), Paulo Alves (Grafismo) e Isabel Mendonça (Produção), exibida na SIC em julho de 2012 (que também foi um ano de seca, ainda que menos grave do que a atual).

  • Jorge Jesus e Ana Malhoa contra o consumo de sal
    1:21
  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15