sicnot

Perfil

Mundo

Centenas de professores manifestaram-se na capital do Chile contra as reformas na educação

Centenas de professores manifestaram-se esta quarta-feira, na capital do Chile, contra as reformas na educação que estão a ser realizadas pelo governo.

© STRINGER Chile / Reuters

Centenas de professores manifestaram-se esta quarta-feira, na capital do Chile, contra as reformas na educação que estão a ser realizadas pelo governo.

Reformas que os professores dizem ser insuficientes, e acusam o governo de não ter fechado a porta ao diálogo.

Durante o protesto, os manifestantes desafiaram as autoridades e houve confrontos na ruas do centro de Santiago.

Os professores bloquearam algumas das principais artérias em frente ao ministério da educação e a polícia recorreu a canhões de água para dispersar os manifestantes.

Estão contra o novo estatuto docente que, entre outros pontos, faz depender os aumentos salariais das avaliações de desempenho.
O sindicato dos professores fala numa reforma baseada na "desconfiança" em relação ao trabalho dos docentes.
  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Putin sai em defesa de Trump
    2:29

    Mundo

    Vladimir Putin já saiu em defesa de Donald Trump e diz que houve uma tentativa de minar o Presidente eleito dos Estados Unidos, através de um alegado relatório, atribuido à espionagem russa. Putin diz que o relatório é falso.