sicnot

Perfil

Mundo

Onda de calor no Paquistão já fez mais de 800 mortos

A onda de calor que está a afetar o sul do Paquistão já provocou mais de 800 mortos. Os hospitais e as morgues estão perto de atingir a lotação.

As autoridades temem que o número de vítimas mortais continue a aumentar.

As autoridades temem que o número de vítimas mortais continue a aumentar.

Shakil Adil / AP

O Exército montou dezenas de centros de saúde para distribuírem água pelos habitantes. A desidratação é a principal causa das mortes já registadas.

As autoridades temem que o número de vítimas mortais continue a aumentar.

Em pleno Ramadão, a situação agravou-se com várias pessoas a recusarem-se a interromper o jejum. Sucessivos e extensos cortes de eletricidade têm também afetado a população.

As temperaturas chegaram a atingir os 45 graus.
  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14