sicnot

Perfil

Mundo

Rebeldes lançam ofensiva para assumirem controlo de Deraa, sul da Síria

Rebeldes de várias fações iniciaram hoje uma ofensiva para tomar o controlo da cidade de Deraa, "berço da revolução" e a mais importante do sul da Síria, expulsando as forças do regime, indicou uma organização de direitos humanos.

O conflito na Síria, iniciado há quatro anos após manifestações pacíficas contra o poder violentamente reprimidas em março de 2011, causou mais de 230.000 mortos e milhões de refugiados (Reuters/ Arquivo)

O conflito na Síria, iniciado há quatro anos após manifestações pacíficas contra o poder violentamente reprimidas em março de 2011, causou mais de 230.000 mortos e milhões de refugiados (Reuters/ Arquivo)

© Stringer Shanghai / Reuters

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), organização não-governamental com sede na Grã-Bretanha, indicou que desde o amanhecer há combates na cidade entre as forças leais ao governo sírio e combatentes de mais de 50 grupos, incluindo a Frente al Nusra - filial síria da Al-Qaida- e o Movimento Islâmico dos Livres de Sham (Levante).

Os rebeldes atacaram as forças governamentais com morteiros e fogo de artilharia, tendo causado pelo menos três mortos nas fileiras do regime. 

Por sua vez, helicópteros do exército lançaram mais de 60 barris de explosivos contra várias áreas desde a meia-noite. 

Os rebeldes divulgaram nas últimas horas um comunicado em que anunciam o início da "Batalla de la Tormenta do Sul" para conquistar Deraa, "berço da revolução", por ter sido nesta cidade onde tiveram início dos protestos em março de 2011 contra o regime de Damasco. 

Nos últimos meses, os rebeldes avançaram pelo norte da província de Deraa, onde recentemente passaram a controlar a base 52 das Forças Armadas, uma das maiores do país.

O conflito na Síria, iniciado há quatro anos após manifestações pacíficas contra o poder violentamente reprimidas em março de 2011, causou mais de 230.000 mortos e milhões de refugiados, refere a AFP. 


Lusa
  • Rui Vitória não espera facilidades frente ao Tondela
    1:34

    Desporto

    O líder do campeonato, o Benfica, recebe este domingo o último classificado, o Tondela. Na conferência de antevisão do encontro, Rui Vitória afirmou que não espera facilidades. O treinador do Benfica falou ainda de Sebastian Coates.

  • O primeiro dia de Donald Trump na Casa Branca
    3:05
  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.