sicnot

Perfil

Mundo

Rebeldes lançam ofensiva para assumirem controlo de Deraa, sul da Síria

Rebeldes de várias fações iniciaram hoje uma ofensiva para tomar o controlo da cidade de Deraa, "berço da revolução" e a mais importante do sul da Síria, expulsando as forças do regime, indicou uma organização de direitos humanos.

O conflito na Síria, iniciado há quatro anos após manifestações pacíficas contra o poder violentamente reprimidas em março de 2011, causou mais de 230.000 mortos e milhões de refugiados (Reuters/ Arquivo)

O conflito na Síria, iniciado há quatro anos após manifestações pacíficas contra o poder violentamente reprimidas em março de 2011, causou mais de 230.000 mortos e milhões de refugiados (Reuters/ Arquivo)

© Stringer Shanghai / Reuters

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), organização não-governamental com sede na Grã-Bretanha, indicou que desde o amanhecer há combates na cidade entre as forças leais ao governo sírio e combatentes de mais de 50 grupos, incluindo a Frente al Nusra - filial síria da Al-Qaida- e o Movimento Islâmico dos Livres de Sham (Levante).

Os rebeldes atacaram as forças governamentais com morteiros e fogo de artilharia, tendo causado pelo menos três mortos nas fileiras do regime. 

Por sua vez, helicópteros do exército lançaram mais de 60 barris de explosivos contra várias áreas desde a meia-noite. 

Os rebeldes divulgaram nas últimas horas um comunicado em que anunciam o início da "Batalla de la Tormenta do Sul" para conquistar Deraa, "berço da revolução", por ter sido nesta cidade onde tiveram início dos protestos em março de 2011 contra o regime de Damasco. 

Nos últimos meses, os rebeldes avançaram pelo norte da província de Deraa, onde recentemente passaram a controlar a base 52 das Forças Armadas, uma das maiores do país.

O conflito na Síria, iniciado há quatro anos após manifestações pacíficas contra o poder violentamente reprimidas em março de 2011, causou mais de 230.000 mortos e milhões de refugiados, refere a AFP. 


Lusa
  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.