sicnot

Perfil

Mundo

Washington acusa Caracas de corrupção e de violações dos direitos humanos

Washington divulgou hoje um relatório sobre os direitos humanos, no qual destaca que Caracas é um exemplo emblemático da relação entre "corrupção", "violações dos direitos humanos" e "governos repressivos". 

© Jorge Lopez / Reuters

Segundo a imprensa venezuelana, o relatório sublinha que essa relação é vista pelo Departamento de Estado norte-americano como "uma das principais tendências globais" registadas "durante o último ano".

"Forças de segurança e grupos pró-governamentais violaram direitos humanos de manifestantes em várias cidades do país, entre fevereiro e maio de 2014", afirma o diário venezuelano El Universal, citando o documento.

Segundo o jornal, "o relatório regista denúncias sobre o uso da força para dissolver protestos, detenções arbitrárias e tortura" e acrescenta que o Governo venezuelano "usou o poder para levar líderes da oposição a julgamento".

Por outro lado a Unión Rádio explica que em 2014 o Governo do Presidente Nicolás Maduro "deteve e prendeu várias figuras da oposição, bloqueou meios de comunicação e intimidou jornalistas, mediante o uso de ameaças, multas, toma de propriedades, regulações (leis) feitas à medida e investigações criminosas".

Entre os opositores detidos o Departamento de Estado dos EUA faz referência aos políticos Leopoldo López, Enzo Scarano e Daniel Ceballos, afirmando que "os seus julgamentos têm sido regularmente atrasados".






Lusa
  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC