sicnot

Perfil

Mundo

Atirador do atentado na Tunísia era um estudante desconhecido da polícia

O atirador do atentado de hoje contra um hotel na zona turística de Sousse, na costa oriental da Tunísia, morto pela polícia, era um estudante desconhecido das autoridades, segundo fonte oficial tunisina. 

Polícia tunisina com um suspeitos dos ataques em Sousse.

Polícia tunisina com um suspeitos dos ataques em Sousse.

Med amine ben aziza/EPA

"Ele é tunisino, natural da região de Kairouan (centro). É um estudante", disse o secretário de Estado da Segurança, Rafik Chelly, a uma rádio tunisina.

"Esta pessoa não era conhecida" das autoridades, acrescentou.

"Entrou pela praia, vestido como um banhista e com um guarda-sol dentro do qual estava uma metralhadora", disse Chelly.

O responsável disse ainda que, de acordo com os primeiros elementos da polícia, o ataque foi cometido por um único atirador.

Pelo menos 27 pessoas, entre as quais turistas estrangeiros, foram mortas hoje quando um homem armado abriu fogo indiscriminadamente no hotel International Marhaba, na estância turística de Sousse, cerca de 140 quilómetros a sul de Tunes.

O atacante foi morto pela polícia no local.


Lusa
  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Trump e Netanyahu discutiram "ameaças que o Irão coloca"

    Mundo

    O novo Presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, debateram "as ameaças que o Irão coloca" e concordaram que a paz israelo-palestiniana só pode ser "negociada diretamente", anunciou este domingo a Casa Branca.