sicnot

Perfil

Mundo

Novo balanço dá conta de 37 mortos e 36 feridos no ataque da Tunísia

Pelo menos 37 pessoas morreram e 36 ficaram feridas, na sua maioria turistas, quando um homem armado abriu fogo indiscriminadamente num resort hoteleiro na Tunísia, de acordo com um novo balanço do Ministério da Saúde tunisino. 

Hassene Dridi

"Há 37 mortos e 36 feridos. Alguns dos feridos estão em estado crítico", declarou um porta-voz do ministério, Chokri Nafti, atualizando o anterior balanço, que era de 28 mortos, incluindo o atirador (abatido pela polícia). 

Nafti escusou-se a especificar as nacionalidades das vítimas, mas anteriormente o porta-voz do Ministério do Interior, Mohamed Ali Aroui, falou em vários turistas estrangeiros.

Entretanto, a administração do grupo que detém do hotel onde ocorreu o ataque, o Riu Imperial Marhaba Hotel, salientou que a maioria dos seus 565 hóspedes provém do Reino Unido e de países da Europa Central.

"A maioria dos hóspedes é do Reino Unido e de outros países do Centro da Europa. No entanto, não nos é possível de momento confirmar as nacionalidades nem outros pormenores sobre as vítimas", indicou em comunicado o grupo espanhol RIU.

"As autoridades tunisinas continuam a trabalhar na área e os hóspedes estão a ser atendidos. A informação sobre o ataque no Riu Imperial Marhaba Hotel é ainda muito limitada", acrescentou o grupo na mesma nota.

Quando o ataque aconteceu, salientou o grupo RIU, "a taxa de ocupação do hotel era de 77%, com 565 hóspedes".

O grupo espanhol RIU detém e gere 10 hotéis na Tunísia, incluindo o Marhaba na localidade de Sousse.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Irlanda, Charles Flanagan, confirmou hoje que uma mulher irlandesa morreu no ataque.

Lusa
  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.