sicnot

Perfil

Mundo

Refugiados vão ser repartidos entre 28 países da UE

Os chefes de Estado e de Governo dos 28 da União Europeia acordaram em repartir entre si 40 mil refugiados da Síria e Eritreia nos próximos dois anos mas com base em quotas voluntárias. 

© Laszlo Balogh / Reuters

A discussão entre os líderes foi tensa e terminou já de madrugada. A questão das quotas foi o principal motivo da discórdia. 

A Comissão Europeia queria que o acolhimento fosse feito numa base vinculativa e não voluntária, o que acabou por não acontecer. 

A Grécia foi também um dos pontos da agenda. A chanceler alemã e o presidente francês consideram que a reunião de sábado entre os ministros da zona euro é decisiva. 

Durante Conselho Europeu, Alexis Tsipras terá invocado os números do desemprego para dizer que o jogo ainda não acabou. Atenas não pode aceitar o acordo que está em cima da mesa, garante uma fonte grega. 
  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19