sicnot

Perfil

Mundo

Maioria da vítimas do ataque na Tunísia de nacionalidade britânica

Maioria da vítimas do ataque na Tunísia de nacionalidade britânica

O primeiro-ministro da Tunísia anunciou hoje um aumento das medidas de segurança em todo o país. O governo vai chamar reservistas do exército para patrulharem as zonas turísticas e as principais cidades. O atentado de sexta-feira matou 38 pessoas, a maior parte das vítimas eram cidadãos britânicos de férias nas praias tunisinas.