sicnot

Perfil

Mundo

Cinco detidos em confrontos violentos em Hong Kong

A polícia deteve cinco pessoas e usou gás pimenta para dispersar confrontos violentos em Hong Kong, na noite de domingo, quando um grupo de locais protestou contra outro que cantava em mandarim.

© Tyrone Siu / Reuters

Quatro homens e uma mulher, com idades entre os 23 e os 55, foram detidos e um agente policial ficou ferido, de acordo com o jornal South China Morning Post.

Dezenas de manifestantes anti-China protestaram contra os músicos, que habitualmente se reúnem na zona de Sai Yeung Choi Street South e acusaram-nos de causar incómodo na zona.

À medida que a notícia do protesto se espalhou, grupos rivais patrióticos chegaram ao local, gerando rapidamente um confronto aceso, primeiro com troca de palavras e depois escalando para agressões.

A polícia recorreu a barricadas metálicas para tentar separar os dois grupos. A situação tornou-se particularmente violenta quando as autoridades tiraram um homem do local e o levaram para um veículo policial.

Os chamados 'localists' -- que o jornal descreve como um grupo radical marcado pelo sentimento anti-China e pelo desejo de resistir a qualquer influência de Pequim -- rodearam o carro e a polícia lançou, em resposta, gás pimenta, atingindo várias pessoas.

Os confrontos estenderam-se, mais tarde, para a Mong Kok Road, onde a polícia voltou a usar gás pimenta.


Lusa
  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.