sicnot

Perfil

Mundo

Circulação no túnel do canal da Mancha retomada após bloqueio por grevistas

A circulação de comboios no Eurotunnel foi reposta depois de várias horas de bloqueio por marinheiros grevistas em Calais, segundo o porta-voz da empresa responsável pelo túnel ferroviário, citado pela agência France Presse (AFP).   

© Christian Hartmann / Reuters

Segundo a mesma fonte, os comboios de transporte de carros voltaram a circular às 15:00 GMT (16:00 em Lisboa), e estão neste momento a operar normalmente, devendo ser retomada pouco depois a circulação dos comboios de passageiros Eurostar. 

Marinheiros da sociedade cooperativa SeaFrance bloquearam hoje o túnel ferroviário sob o canal da Mancha, em protesto contra a venda pela Eurotunnel de dois dos três navios explorados pela empresa a uma concorrente. 

Os sindicatos envolvidos, citados pelo canal noticioso France 24, calculam que a venda dos navios à companhia dinamarquesa DFDS Seaways provocará cerca de 120 despedimentos.

Segundo a AFP, cerca de 30 marinheiros tentaram desmantelar os carris e bloquearam a via ferroviária com placas de betão e pneus em chamas a 300 metros da entrada do túnel.

Os marinheiros fizeram ainda uma marcha-lenta na estrada em direção ao porto de Loon-Plage, onde atracam os navios da DFDS Seaways.

Lusa

  • Crianças trocadas à nascença não querem mudar de pais

    Mundo

    Tem todos os ingredientes de um argumento de filme, mas aconteceu de facto na Índia. Dois bebés foram trocados à nascença na maternidade, os resultados de ADN confirmaram-no quase três anos depois, mas as crianças, atualmente com 2 anos e 10 meses, não querem mudar de família.

    SIC

  • Agressões e rascismo em escola de Portimão
    3:06

    País

    Queixas de agressões, insultos, discriminação e racismo numa escola básica de Portimão estão a ser alvo de um processo de averiguações, por parte da autarquia e da direção do agrupamento escolar. As denúncias partem de um grupo de pais e foram tornadas públicas pela organização SOS Racismo.  A principal visada é uma funcionária da cantina, mas também uma professora.

  • Os (maus) hábitos do português ao volante
    1:31