sicnot

Perfil

Mundo

Confrontos entre grupos rivais no Paquistão causam 26 mortos

Pelo menos 26 pessoas morreram durante um confronto entre dois grupos separatistas rivais na província do Baluchistão, oeste do Paquistão, informou hoje uma fonte policial. 

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Naseer Ahmed / Reuters

Os confrontos entre o Exército de Libertação Baluchi e o Exército Unido Baluchi ocorreram na segunda-feira à noite na fronteira que limita os distritos de Dera Bugti e Kohlu, adiantou um oficial da polícia regional, Saadullah Khan Khetran. 

O Baluchistão é uma província fronteiriça com o Afeganistão e com o Irão, a mais extensa e menos povoada do Paquistão, e é uma zona habitual de ataques de grupos, milícias islamitas e redes mafiosas que operam em todo o país. 

Estas milícias recorrem a atentados contra instituições públicas, forças de segurança e pontos de interesse económico num província com importantes recursos mineiros, assim como assassinatos seletivos de trabalhadores de etnias distintas.

Lusa

  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.