sicnot

Perfil

Mundo

Governo português condena atentado que vitimou Procurador-Geral do Egito

O Governo português condenou hoje o atentado terrorista de segunda-feira no Cairo em que foi morto o Procurador-Geral do Egito.

© Mohamed Abd El Ghany / Reuter

"O Governo português condena veementemente o atentado terrorista ocorrido ontem (segunda-feira) no Cairo (...) e apresenta as suas sinceras condolências à família da vítima e a sua solidariedade ao povo egípcio", lê-se num comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

"O Governo português reitera a sua firme condenação do terrorismo sob todas as formas e apoia as autoridades egípcias na luta contra a ameaça do terrorismo", acrescenta.

Hicham Barakat, 64 anos, foi morto segunda-feira no Cairo num ataque à bomba contra a coluna automóvel em que seguia. A explosão feriu cinco outras pessoas, duas delas civis, destruiu cinco automóveis e fez partir as montras de várias lojas.

O Procurador-Geral foi o mais alto responsável egípcio a ser morto em represália pela vaga de repressão dos islamitas que se seguiu à deposição pelo exército do presidente Mohamed Morsi, em julho de 2013.

Nomeado depois da destituição, Barakat era considerado um dos mais acérrimos opositores dos islamitas, segundo a agência France Presse, tendo levado a julgamento milhares de islamitas, centenas dos quais foram condenados à morte em julgamentos sumários.

 

 

 

 

Lusa

 

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.