sicnot

Perfil

Mundo

Governo português condena atentado que vitimou Procurador-Geral do Egito

O Governo português condenou hoje o atentado terrorista de segunda-feira no Cairo em que foi morto o Procurador-Geral do Egito.

© Mohamed Abd El Ghany / Reuter

"O Governo português condena veementemente o atentado terrorista ocorrido ontem (segunda-feira) no Cairo (...) e apresenta as suas sinceras condolências à família da vítima e a sua solidariedade ao povo egípcio", lê-se num comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

"O Governo português reitera a sua firme condenação do terrorismo sob todas as formas e apoia as autoridades egípcias na luta contra a ameaça do terrorismo", acrescenta.

Hicham Barakat, 64 anos, foi morto segunda-feira no Cairo num ataque à bomba contra a coluna automóvel em que seguia. A explosão feriu cinco outras pessoas, duas delas civis, destruiu cinco automóveis e fez partir as montras de várias lojas.

O Procurador-Geral foi o mais alto responsável egípcio a ser morto em represália pela vaga de repressão dos islamitas que se seguiu à deposição pelo exército do presidente Mohamed Morsi, em julho de 2013.

Nomeado depois da destituição, Barakat era considerado um dos mais acérrimos opositores dos islamitas, segundo a agência France Presse, tendo levado a julgamento milhares de islamitas, centenas dos quais foram condenados à morte em julgamentos sumários.

 

 

 

 

Lusa

 

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos poucos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Pensões vão subir em janeiro

    Economia

    As pensões vão subir entre 1 e 1,8% em janeiro próximo. O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou esta quinta-feira o valor da inflação, que vai definir a atualização das reformas em 2018.

  • Investigação australiana recomenda fim do celibato na Igreja Católica

    Mundo

    Uma investigação australiana sobre abuso sexual de crianças recomendou hoje à Igreja Católica que levante a exigência de celibato ao clero, de acordo com o relatório final. O mesmo documento, com 189 recomendações e 17 volumes, indicou que deve também ser esclarecido até onde vai o segredo da confissão quando estão em causa provas de crimes contra menores.

  • Trabalhos de estabilização de solos nas áreas ardidas começam na Lousã
    1:24

    País

    Vários concelhos afetados pelos incêndios estão a começar a receber uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas. O trabalho arrancou esta quinta-feira na zona da Lousã e tem como objetivo reduzir o impacto da chuva nos terrenos afetados pelos fogos. Nos trabalhos, estão presentes o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro e a Força Especial de Bombeiros.

  • Anúncio de lince ibérico no OLX sob investigação
    1:25

    País

    A GNR está a investigar um anúncio de venda de um lince ibérico no site de classificados OLX. As autoridades admitem poder tratar-se de uma bricandeira, mas sendo o lince uma espécie protegida e a sua captura e venda um crime, o caso está a ser investigado. O anúncio foi entretanto retirado do site.