sicnot

Perfil

Mundo

Kuwait afirma ter desmantelado célula terrorista após explosão de mesquita

O Kuwait afirmou hoje ter desmantelado hoje a "célula terrorista" alegadamente responsável pela explosão numa mesquita xiita na passada sexta-feira, que causou 26 mortos e 277 feridos.

© Stringer . / Reuters

O ministro da Administração Interna do Kuwait, Mohammad Kahaled Al-Sabah, afirmou à agência noticiosa francesa AFP que as autoridades continuam a procurar mais membros da célula.

   Entre um número indeterminado de suspeitos detidos, cinco foram encaminhados para o Ministério Público, incluindo o motorista que conduziu o bombista suicida saudita ao local do ataque, bem como o proprietário do veículo.

  O Conselho Judicial Supremo do Kuwait "decidiu criar um tribunal especial para julgar os suspeitos detidos", avançou ao Parlamento o ministro da Justiça e dos Assuntos Islâmicos, Yacoub al-Sane. 

  O ataque de sexta-feira, que causou 26 mortos e 227 feridos, foi reivindicado pelo ramo saudita do grupo extremista Estado Islâmico, e identificou Abu Suleiman al-Muwahhid como o autor do atentado.   

       No entanto, no domingo passado, as autoridades do Kuwait revelaram que o verdadeiro nome do bombista suicida é Fahd al-Suleiman Abdulmohsen Qaba'a, de 23 anos de idade, que entrou no país na madrugada do dia do atentado num voo proveniente do Bahrain.

 

 

 

 

Lusa

 

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47