sicnot

Perfil

Mundo

Lufthansa oferece 25 mil euros a familiares de mortos em queda do avião da Germanwings

A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou hoje que ofereceu 25.000 euros em compensações às famílias dos passageiros alemães que morreram na queda do avião da Germanwings em março, quantia rejeitada pelos advogados das famílias por ser "completamente inadequada".  

Martin Meissner

A Lufthansa e a sua subsidiária 'low-cost' Germanwings declararam que cada familiar próximo das vítimas (pais, filhos e companheiros) receberá ainda 10.000 euros, segundo comunicado citado pela agência France Presse (AFP).

O advogado Elmar Giemulla, que representa as famílias, definiu a oferta como "completamente inadequada".

A 24 de março, Andreas Lubitz, copiloto de 27 anos do avião, pilotou o Airbus A320 deliberadamente contra uma montanha em território francês, matando as 150 pessoas a bordo, incluindo 72 alemães.

Após o desastre, a Lufthansa ofereceu até 50.000 euros por passageiro aos seus familiares, independentemente de quaisquer pagamentos de compensação.

Em comunicado conjunto divulgado hoje, a Lufthansa e a Germanwings declararam assumir a "responsabilidade pelas consequências duradouras do desastre", criando por exemplo um fundo especial de 7.8 milhões de euros para apoiar a educação das crianças e adolescentes que perderam pais na queda do avião.

As companhias responsabilizam-se também pela construção de memoriais à tragédia em quatro localidades afetadas.

No comunicado citado pela AFP, as transportadoras declaram ainda que "as famílias das vítimas e os seus advogados serão informados de compensações adicionais nos próximos dias".

 

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.