sicnot

Perfil

Mundo

Lufthansa oferece 25 mil euros a familiares de mortos em queda do avião da Germanwings

A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou hoje que ofereceu 25.000 euros em compensações às famílias dos passageiros alemães que morreram na queda do avião da Germanwings em março, quantia rejeitada pelos advogados das famílias por ser "completamente inadequada".  

Martin Meissner

A Lufthansa e a sua subsidiária 'low-cost' Germanwings declararam que cada familiar próximo das vítimas (pais, filhos e companheiros) receberá ainda 10.000 euros, segundo comunicado citado pela agência France Presse (AFP).

O advogado Elmar Giemulla, que representa as famílias, definiu a oferta como "completamente inadequada".

A 24 de março, Andreas Lubitz, copiloto de 27 anos do avião, pilotou o Airbus A320 deliberadamente contra uma montanha em território francês, matando as 150 pessoas a bordo, incluindo 72 alemães.

Após o desastre, a Lufthansa ofereceu até 50.000 euros por passageiro aos seus familiares, independentemente de quaisquer pagamentos de compensação.

Em comunicado conjunto divulgado hoje, a Lufthansa e a Germanwings declararam assumir a "responsabilidade pelas consequências duradouras do desastre", criando por exemplo um fundo especial de 7.8 milhões de euros para apoiar a educação das crianças e adolescentes que perderam pais na queda do avião.

As companhias responsabilizam-se também pela construção de memoriais à tragédia em quatro localidades afetadas.

No comunicado citado pela AFP, as transportadoras declaram ainda que "as famílias das vítimas e os seus advogados serão informados de compensações adicionais nos próximos dias".

 

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.