sicnot

Perfil

Mundo

Guatemala emite alerta de perigo perante aumento da atividade de vulcão

As autoridades guatemaltecas emitiram hoje um alerta de perigo em resposta ao aumento da atividade do vulcão Fuego, situado a 50 quilómetros a sudeste da capital.

© Mariana Bazo / Reuters

O vulcão esteve a expelir "nuvens de fogo" ao longo de todo o dia, indicou o porta-voz do departamento governamental de Resposta a Catástrofes, David de Leon.

O aviso de perigo emitido pelo Governo ficou pouco aquém de uma declaração de estado de emergência, que implicaria a evacuação das localidades em volta do vulcão.

Segundo o porta-voz, algumas explosões vulcânicas quebraram vidros de janelas e o Fuego tem lançado colunas de cinza a uma altura de 5.000 metros acima do nível do mar.

A Autoridade da Aviação Civil da Guatemala foi aconselhada a tomar medidas de precaução.

Em fevereiro, uma forte erupção vulcânica obrigou as autoridades a encerrar o aeroporto internacional devido à queda de cinza.

 

 

 

 

Lusa

 

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.