sicnot

Perfil

Mundo

Medicamento para diabetes ajuda a perder peso, revela estudo

O medicamento injetável para diabetes Liraglutide, que os reguladores norte-americanos aprovaram o ano passado para a perda de peso, ajudou as pessoas obesas a perderem uma média de oito quilogramas, refere um estudo hoje divulgado.

© Mario Anzuoni / Reuters

A maior parte dos pacientes conseguiram perder peso durante as 56 semanas da investigação realizada com vista a comercialização do medicamento, segundo o estudo divulgado no New England Journal of Medicine.

O estudo foi conduzido em 191 cidades de 27 países da Europa, América do Norte, América do Sul, Ásia, África e Austrália.

Os 3.731 pacientes que participaram no estudo tinham mais de 18 anos e uma massa corporal superior a 30. A massa corporal saudável deve situar-se entre os 19 e os 25.

Kevin Williams, chefe do departamento de endocrinologia, diabetes e metabolismo da Universidade de Saúde de Temple, descreveu a perda de peso com a utilização do medicamento como "significativa". 

Com a utilização do medicamento foram detetados efeitos secundários, incluindo problemas gastrointestinais, na vesícula e um ligeiro risco de aumento do cancro na mama.

Os investigadores salientaram ser necessário estudar melhor os efeitos secundários, nomeadamente o risco de aumento do cancro na mama.

O Liraglutide tem sido usado em pequenas doses para tratar diabéticos e alguns pacientes notaram que a droga os ajudou a perder peso.

Cerca de 35% dos adultos norte-americanos, cerca de 100 milhões de pessoas, são obesos.

Dois outros medicamentos para combater a obesidade foram lançados em 2012 nos Estados Unidos, mas os tratamentos provocam efeitos secundários e não são muito utilizados.

 

 

 

 

Lusa

 

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.