sicnot

Perfil

Mundo

Obama anuncia restabelecimento de relações com Cuba

O presidente norte-americano anunciou hoje o restabelecimento das relações diplomáticas entre os Estados Unidos e Cuba, após mais de meio século de tensões herdadas da Guerra-Fria, sublinhando "um novo capítulo" das relações bilaterais.    

Pablo Martinez Monsivais

"Hoje os Estados Unidos aceitaram formalmente restabelecer relações diplomáticas com (...) Cuba, para reabrir as embaixadas nos nossos respetivos países", declarou Barack Obama, a partir dos jardins da Casa Branca.  

Obama acrescentou que esta "é uma etapa histórica" nas relações norte-americanas-cubanas.  

"No final do verão, o secretário de Estado John Kerry deslocar-se-á a Cuba para hastear orgulhosamente a bandeira dos Estados Unidos, uma vez mais, na nossa embaixada", declarou Obama. 

O presidente cubano, Raul Castro, confirmou o restabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países, suspensas desde 1961, numa carta dirigida ao homólogo norte-americano. 

"É com satisfação que confirmo que a República de Cuba decidiu restabelecer as relações diplomáticas com os Estados Unidos e abrir missões diplomáticas nos nossos respetivos países", declarou Castro, numa carta lida durante a emissão da televisão estatal cubana. 

Washington e Havana anunciaram já que a reabertura das embaixadas está prevista "a partir de 20 de julho", de acordo com cartas trocadas entre os dois presidentes. 

As relações diplomáticas entre os dois países estavam suspensas desde 1961, após uma decisão do presidente norte-americano John F. Kennedy, na sequência de uma aproximação dos revolucionários castristas à URSS e a confiscação dos bens norte-americanos. 

Desde 1977, os dois países, separados apenas pelo estreito da Florida (sudeste dos Estados Unidos), estão representados apenas através de seções de interesses em Washington e Havana, encarregadas de tarefas consulares. 

A reabertura de embaixadas segue-se ao anúncio histórico, em dezembro, de uma reaproximação entre estes dois países, após mais de cinco décadas de hostilidade e desconfiança. 

No final de maio, Washington levantou o principal obstáculo ao restabelecimento de relações diplomáticas, ao retirar Cuba da "lista negra" norte-americana de Estados que apoiam o terrorismo. 

Lusa

  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira