sicnot

Perfil

Mundo

Porquinhos da Índia são os melhores amigos das crianças autistas

Os porquinhos da Índia ajudam as crianças com autismo. Esta é a principal conclusão de um novo estudo sobre o tema, que comprovou maior bem estar nos mais pequenos, depois de brincarem com estes animais.

reuters

Eles não julgam, não fazem "bullying", são amistosos, sociáveis e agradáveis ao tato. Razões suficientes para levarem investigadores australianos a concluir, depois de um estudo com quase 200 crianças (autistas e com um desenvolvimento típico), que os porquinhos da Índia são mais que benéficos para os mais novos que sofrem de autismo.

Ao brincarem com estes animais, as crianças autistas ficam mais atentas, mais sociáveis e menos ansiosas, revela o estudo publicado na Developmental Psychobiology. Os dados psicológicos de cada um foram analisados à luz dos "efeitos calmantes" que os animais exerceram sobre as crianças.

Através de uma pulseira electrónica colocada nos pulsos das crianças, os investigadores conseguiram monitorizar os níveis de entusiasmo - ansiedade ou excitação.

As crianças com desenvolvimento típico mostraram-se felizes e com grande nível de excitação. As autistas mostraram-se igualmente extasiadas, mas com bastante menos "stress".

Geraldine Lawson, do Duke Centre para o Autismo e Desenvolvimento Cerebral, considera a conclusão "promissora", uma vez que a ansiedade é precisamente o que tipicamente interfere na socialização dos autistas.

"Não sabemos quais são os mecanismos. Talvez seja mais fácil interagir com os outros quanto temos um terceiro objeto, em vez da interação cara-a-cara", explica. 

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • "Não se pode voltar atrás, o povo de Deus confirmou a necessidade deste Papa"
    3:15
  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.