sicnot

Perfil

Mundo

Terminou ao fim de 15 horas motim envolvendo 300 reclusos em prisão australiana

A polícia pôs hoje fim a um motim, que envolveu cerca de 300 reclusos de uma prisão da cidade australiana de Melbourne, desencadeado na terça-feira pela entrada em vigor da interdição de fumar.

MAL FAIRCLOUGH

Cerca de 300 reclusos, alguns dos quais armados com paus e barras de metal, tomaram parte do centro de detenção metropolitana de Melbourne, partindo portas e ateando fogos, na terça-feira, num motim que apenas foi dado como terminado ao fim de 15 horas.

Três funcionários da administração prisional ficaram ligeiramente feridos, enquanto cinco detidos foram hospitalizados. 

Os distúrbios acabaram na sequência da intervenção da polícia que recorreu ao uso de gás lacrimogéneo, segundo os 'media' australianos.

Nenhum recluso se evadiu da prisão.

As autoridades anunciaram que vão abrir um inquérito ao incidente.

O tumulto aconteceu na véspera da entrada em vigor da interdição de fumar em estabelecimentos penitenciários do estado de Victoria.

  • Chamas no concelho de Torre de Moncorvo ameaçaram aldeia
    1:30

    País

    Dois incêndios no concelho de Torre de Moncorvo deram luta aos bombeiros na tarde de ontem e também durante toda a noite. As chamas estiveram muito próximas da aldeia de Cabanas de Cima, mas os bombeiros conseguiram desviar o fogo.

  • Se

    Se Jaime Marta Soares tiver razão, se a ciência e as autoridades não forem - outra vez? - manipuladas pelo poder político, se a investigação - independente - concluir que o fogo começou muito antes da trovoada, então, estamos diante de um dos maiores embustes do Portugal democrático.

    Pedro Cruz

  • A reconstrução da Nacional 236
    1:44
  • Harry admite que ninguém na família real britânica quer ser rei ou rainha

    Mundo

    O príncipe Harry admitiu que nenhum dos mais jovens membros da família real britânica quer ser rei ou rainha. Numa entrevista exclusiva à revista norte-americana Newsweek, na qual aborda temas como a morte da mãe, que perdeu com apenas 12 anos, Harry afirma que ele e o irmão estão empenhados em "modernizar a monarquia".

    SIC