sicnot

Perfil

Mundo

Falha de motor é a causa provável do acidente aéreo na Indonésia

A força aérea da Indonésia revelou hoje que uma falha do motor terá estado na origem do acidente do avião militar que se despenhou, na terça-feira, num bairro residencial em Medan, na ilha de Samatra, fazendo 142 mortos.

© Roni Bintang / Reuters

 

Um comandante da força aérea indonésia, Agus Dwi Putranto, disse aos jornalistas que, segundo dados de uma investigação preliminar, o avião, um Hercules C-130, voava muito lentamente devido a um problema num dos quatro motores.

"É provável que uma hélice tenha parado. O avião, que voava muito lentamente, fez uma guinada à direita e embateu contra a antena de um edifício", explicou o mesmo responsável.

O piloto pediu para regressar à base, o que "significa que tinha um problema", acrescentou.

Pouco depois de partir de uma base aérea em Medan, o aparelho, com 122 pessoas a bordo, caiu num bairro residencial, deixando edifícios em ruínas e reduziu automóveis a destroços em chamas na cidade de cerca de dois milhões de habitantes.

 

Lusa

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Temperaturas negativas em várias zonas do país nos próximos dias
    1:57

    País

    O frio vai começar a fazer-se sentir nos próximos dias com as temperaturas a descerem para valores negativos em várias zonas do país. Em Lisboa, cinco estações de metro vão estar abertas durante a noite para albergar os sem-abrigo que também vão receber agasalhos e refeições quentes.

  • Medalha idêntica à de Anne Frank encontrada em campo nazi

    Mundo

    Um grupo de investigadores encontrou uma medalha praticamente igual à de Anne Frank, nas escavações ao campo nazi de extermínio Sobibor, na Polónia. Os especialistas do Memorial do Holocausto Yad Vashem em Israel acreditam que a medalha pertencia a Karoline Cohn, que pode ter conhecido Anne Frank.