sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 11 mil australianos podem ter sido expostos a VIH e hepatite no dentista

Cerca de 11 mil australianos foram hoje instados a realizar testes de despistagem por receios de que tenham sido expostos ao VIH e hepatites devido a falhas de higiene em clínicas dentárias na cidade de Sydney.  

© Shannon Stapleton / Reuters

As autoridades de saúde de New South Wales indicaram que 12 dentistas de quatro clínicas de Sydney foram acusados de falhas na higiene e nas práticas de esterilização do equipamento, pelo que recomendam aos pacientes que realizem análises de sangue para despistar VIH, bem como a hepatite A, B e C, por precaução.

Embora não haja casos de contágio e a probabilidade de ocorrer seja baixa, as autoridades advertem que existem riscos de infeções, em particular para pacientes sujeitos a procedimentos invasivos.

Seis dentistas foram suspensos e igual número de profissionais autorizados a continuar a trabalhar sob condições.

O caso foi desencadeado por uma queixa em novembro, tendo as consequentes investigações revelado "consideráveis" violações.

  • Taxa de desemprego abaixo dos 10%

    Economia

    A taxa de desemprego em fevereiro ficou afinal nos 9,9%. O Instituto Nacional de Estatística reviu o indicador em baixa de 0,1 pontos percentuais, esta sexta-feira. É o valor mais baixo desde fevereiro de 2009.

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55
  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Dijsselbloem não comenta hipótese de ser substituído por Mário Centeno
    2:41

    Mundo

    Jeroen Dijsselbloem diz que cabe ao Governo português avançar com o nome de Mário Centeno para a presidência do Eurogrupo, mas não comenta a sondagem que foi feita ao ministro das Finanças português. Ouvido esta quinta-feira no Parlamento Europeu, o Presidente do Eurogrupo esteve no centro das críticas e reafirmou que não se demite.