sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 11 mil australianos podem ter sido expostos a VIH e hepatite no dentista

Cerca de 11 mil australianos foram hoje instados a realizar testes de despistagem por receios de que tenham sido expostos ao VIH e hepatites devido a falhas de higiene em clínicas dentárias na cidade de Sydney.  

© Shannon Stapleton / Reuters

As autoridades de saúde de New South Wales indicaram que 12 dentistas de quatro clínicas de Sydney foram acusados de falhas na higiene e nas práticas de esterilização do equipamento, pelo que recomendam aos pacientes que realizem análises de sangue para despistar VIH, bem como a hepatite A, B e C, por precaução.

Embora não haja casos de contágio e a probabilidade de ocorrer seja baixa, as autoridades advertem que existem riscos de infeções, em particular para pacientes sujeitos a procedimentos invasivos.

Seis dentistas foram suspensos e igual número de profissionais autorizados a continuar a trabalhar sob condições.

O caso foi desencadeado por uma queixa em novembro, tendo as consequentes investigações revelado "consideráveis" violações.

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • Parlamento debate uso de animais no circo: as posições do PCP, Bloco e PAN
    2:03
  • ONU analisa proposta do Egito que visa anular decisão de Trump sobre Jerusalém
    1:27

    Mundo

    O Conselho de Segurança das Nações Unidas está a analisar um projeto de resolução que pretende rejeitar a decisão de Donald Trump de reconhecer Jerusalém como capital oficial de Israel. O projeto de resolução, proposto pelo Egito, deverá ser votado amanhã mas vai, seguramente, contar com o voto contra dos Estados Unidos.