sicnot

Perfil

Mundo

Francesa condenada a nove anos de prisão por matar oito filhos recém-nascidos

Uma mulher francesa, Dominique Cottrez, foi esta quinta-feira condenada a nove anos de prisão por ter matado oito dos seus filhos recém-nascidos, ato considerado como o maior infanticídio cometido em França. 

(Arquivo)

(Arquivo)

© John Schults / Reuters

Após cinco horas de deliberação por um júri a sentença pronunciada pelo tribunal criminal da cidade de Douai, norte de França, é menos de metade dos 18 anos pedidos pelo Ministério Público, noticiou a agência France Presse.   

A pena mais leve que a pedida pelo Ministério Público foi justificada com o facto de os crimes não terem sido considerados "infanticídio premeditado" e por o juri ter considerado que Dominique Cottrez, 51 anos, apresentava uma "alteração de discernimento", como foi alegado pela defesa. 

O processo de Dominique Cottrez teve início em 25 de junho e, durante a leitura do veredito pronunciado hoje, esta permaneceu sempre abraçada pelo marido e por duas filhas.

Lusa

  • Junta de Santa Maria Maior no centro de Lisboa contra despejos de idosos
    3:02
  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.