sicnot

Perfil

Mundo

Rei Tupou VI coroado em Tonga após uma semana de festejos e rituais

O rei Tupou VI foi coroado hoje em Tonga, depois de uma semana de festejos e rituais, numa cerimónia realizada em Naku'alofa, a capital, assistida por milhares de pessoas, incluindo representantes de países de todo o mundo.

Linny Folau

A cerimónia teve lugar na igreja de Saione, onde o sacerdote metodista australiano D'Arcy Wood, de 78 anos, colocou a coroa sobre o novo rei daquele país insular do Pacífico Sul.

Tupou VI, um diplomata de 55 anos, sucede ao trono ao seu irmão mais velho.

Segundo a televisão neozelandesa, destacavam-se entre os convidados nomeadamente os príncipes do Japão (Naruito e Masako) e Marie-Therese von Hohenberg e o príncipe Georg von Habsburg. 

Tonga é um arquipélago de apenas 178 quilómetros quadrados, com uma população estimada em 119 mil habitantes distribuída por mais de uma centena de ilhas, que detém a última monarquia do Pacífico Sul.

 

 

 

 

Lusa

 

  • Militares da GNR saem hoje à rua em protesto

    País

    A Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR) e a Associação Nacional de Sargentos da Guarda (ANSG) realizam esta quarta-feira uma ação de protesto em Lisboa devido "à falta de resposta" do Governo às principais reivindicações.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Marcelo termina hoje visita de Estado ao Luxemburgo

    País

    O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, termina esta quarta-feira a visita de Estado de dois dias ao Luxemburgo com uma agenda dedicada a projetos em que estão envolvidos portugueses, além de um almoço com o primeiro-ministro luxemburguês.

  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.