sicnot

Perfil

Mundo

Wikileaks divulga nomes de membros do governo brasileiro espiados pela NSA

O portal da Internet WikiLeaks publicou hoje o nome de 29 membros do governo brasileiro liderado pela Presidente Dilma Rousseff que foram espiados pela agência de informações norte-americana NSA.

© Tim Chong / Reuters

A revelação surge poucos dias depois de Dilma Rousseff se ter encontrado em Washington com o Presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, precisamente para acabar com as tensões em torno da espionagem da NSA.

De acordo com a Wikileaks, a agência espiou os governantes no começo do primeiro mandato de Dilma, em 2011, e Julian Assange, fundador do portal, diz que os dados hoje apresentados confirmam que os Estados Unidos "têm um longo caminho para demonstrar que a vigilância aos governos amigos terminou".

Entre os escutados pela NSA estão a Presidente do Brasil mas também, por exemplo, o seu antigo chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, e o antigo ministro das Relações Exteriores do país, Luiz Alberto Figueiredo Machado.

A Presidente brasileira acabou na quinta-feira, em São Francisco, uma visita oficial de cinco dias aos Estados Unidos, durante a qual se encontrou com empresários, executivos e com o homólogo Barack Obama.

O ponto alto da visita de Rousseff aos Estados Unidos ocorreu na terça-feira, com a reunião bilateral com Obama, por si classificada como o "relançamento" das relações entre os países, dois anos após as denúncias de espionagem terem causado o cancelamento de sua viagem para aquele país.

 

 

 

 

Lusa

 

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Castelo Branco aposta na cultura para preservar raízes e fomentar turismo
    5:26

    SIC 25 Anos

    Com perto de 200 mil habitantes, o distrito de Castelo Branco luta para criar projetos diferenciadores para atrair e ancorar a população. O desemprego tem vindo a baixar, numa região fortemente envelhecida. A capital do distrito aposta na cultura para preservar as raízes e fomentar o turismo, e a Universidade da Beira Interior tem cada vez mais alunos estrangeiros.