sicnot

Perfil

Mundo

Ingleses mortos em atentados na Tunísia vão ter memorial pago com multas a bancos

Os 30 britânicos que morreram na semana passada na sequência de um atentado terrorista numa praia da Tunísia vão receber um memorial financiado por multas aos bancos, anunciou hoje o primeiro-ministro inglês, David Cameron.

© POOL New / Reuters

O memorial será lançado em paralelo com um 'site' de Internet dedicado a recordar todos os britânicos que foram vítimas de ataques terroristas no estrangeiro.

"Aqueles que perderam as suas vidas na Tunísia na semana passada foram vítimas inocentes de uma atrocidade terrorista brutal," afirmou David Cameron, acrescentando que homenagear apropriadamente aqueles que morreram às mãos de terroristas fora do país e apoiar os familiares que deixaram de todas as formas "é a coisa certa a fazer".  

A localização e forma do memorial ainda vão ser decididos nos próximos meses, adiantou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Tobias Ellwood, cujo irmão Jonathan foi morto no atentado bombista de 2002 em Bali, Indonésia.

O memorial será financiado com as multas a bancos cobradas pela autoridade reguladora do setor financeiro.

A 26 de junho, Seifeddine Rezgui, um tunisino de 23 anos, tirou uma metralhadora Kalashnikov de dentro de um guarda-sol e levou a cabo um massacre na praia e junto à piscina de um hotel de Sousse, provocando a morte a 38 turistas, 30 dos quais eram ingleses e uma era portuguesa. Os restantes eram irlandeses (três), alemães (dois), belga (um) e russo (um).

Os ataques e o aumento da ameaça 'jihadista' no país levaram o Presidente tunisino, Béji Caïd Essebi, a decretar no sábado o estado de emergência no país.

Além disso, vários altos responsáveis tunisinos, entre eles o governador de Sousse, foram demitidos das suas funções.

 

 

 

 

Lusa

 

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • Duas opções do círculo mais próximo de António Costa
    1:41
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • Tondela corta relações institucionais com Belenenses

    Desporto

    O Tondela anunciou esta quinta-feira o corte de relações institucionais com o Belenenses, que vai defrontar no domingo para a nona jornada da I Liga de futebol, na sequência do diferendo pelo não adiamento do jogo devido aos incêndios.

  • SC Braga recebe o Ludogorets
    2:03

    Liga Europa

    O Sporting de Braga recebe hoje o Ludogorets. Abel Ferreira destaca a capacidade física e ofensiva do adversário e quer um Braga a jogar com intensidade para vencer o atual campeão da Bulgária.