sicnot

Perfil

Mundo

Bombardeamentos da coligação internacional no Iémen fazem mais de 100 mortos

Mais de 100 pessoas, na sua maioria civis, morreram hoje e dezenas ficaram feridas num bombardeamento da coligação internacional, liderada pela Arábia Saudita, no norte e sul do Iémen.

© Khaled Abdullah Ali Al Mahdi

Os bombardeamentos visavam zonas nas mãos dos rebeldes huthis, segundo informou a agência noticiosa Saba, citada pela Efe, que refere também relatos de testemunhas na província de Amaran, no norte, e em Lahesh, no sul.

Em Amran, 40 pessoas morreram, incluindo mulheres e crianças, num bombardeamento que atingiu o mercado, segundo a Saba, observando que quase todas as vítimas eram vendedores ou clientes. Uma testemunha disse à Efe que o ataque visava um veículo de huthis que passava na zona.

Outro ataque aéreo semelhante, também em Amran, em Al Salata, causou a morte de dezenas de civis.

Na província de Lahesh, mais de 50 pessoas foram mortas e dezenas de outras ficaram feridas, num outro mercado, este de gado, na zona de Fayush.

Na capital, uma outro bombardeamento destruiu a sede do gabinete político do movimento huthi no bairro de Al Yaraf, disseram testemunhas.

 

 

 

 

 

Lusa

  • França vence o Peru e apura-se para os oitavos de final do Mundial

    Mundial 2018 / França

    A França venceu o Peru num encontro da 2.ª jornada do grupo C do Mundial 2018. Aos 34 minutos, Pogba passou para Giroud na esquerda, que tentou de pronto o remate, mas a bola saiu prensada por um defesa e chegou até à boca da baliza, onde apareceu Mbappé que praticamente só tem que encostar para pôr a França em vantagem no marcador. Ainda na primeira parte, Lucas Hernández tentou, por duas vezes consecutivas, marcar o segundo golo da França. Na segunda parte, o peruano Farfán ainda rematou várias vezes à baliza de Hugo Lloris, mas sem êxito.

  • Colisão mortal no IC1 perto da Marateca
    1:51
  • Portugal e Espanha empatados em tudo... menos nos amarelos
    1:42
  • Fase de grupos é o "momento mais crítico", diz Fernando Santos
    0:21