sicnot

Perfil

Mundo

Cientistas mexicanos criam luva que traduz a língua gestual

Os investigadores do Instituto Politécnico Nacional (IPN) do México desenvolveram uma luva que transforma em texto e sons a língua gestual, divulgou a instituição.

J. Scott Applewhite

"Esta nova ferramenta [a luva] traduz em texto e voz os códigos de linguagem usados pelos surdos-mudos para que sejam entendidos pelas pessoas que os desconhecem", afirmam num comunicado disponível no 'site' da instituição os responsáveis do projeto Miguel Félix Mata Rivera e Helena Luna García, da Unidade Profissional Interdisciplinar de Engenharia e Tecnologias Avançadas (UPIITA).

O protótipo consiste numa luva que deteta os movimentos feitos pelo utilizador com a mão e os traduz nos 26 carateres do alfabeto internacional.

A aplicação desenvolvida "reproduz o texto em voz através de um sintetizador, permitindo à pessoa que fala com o utilizador da luva escutar o que este lhe quer dizer", salientou Miguel Félix Mata Rivera.  

O texto e o som são transmitidos da luva para o telemóvel da pessoa que não fala língua gestual, que deve ter uma aplicação específica.

"O protótipo cinge-se apenas ao alfabeto internacional, mas estamos já a trabalhar nos códigos" de língua espanhola, acrescentou, salientando que o desenvolvimento do projeto, composto por três módulos - sensorial, de processamento e um telemóvel - tem o propósito de criar uma luva que seja económica e acessível.  

Para detetar se os dedos [da luva] estão abertos ou fechados foi utilizado um material inovador, usado na produção de roupa com componentes eletrónicos, contendo fios condutores à base de aço e que permitem a passagem de 50 miliamperes de corrente.

"Os materiais usados para a construção da luva são de nova geração", assinalou Miguel Félix Mata Rivera, explicando que a base da luva foi cosida à mão com fio de poliéster e nylon, e inclui molas e sensores para lhe darem robustez de maneira a manter a forma da mão. 

Trata-se de uma aplicação para sistema 'Android' [sistema operacional móvel] e está disponível na 'Play Store' de forma gratuita sob o nome 'Guante Traductor'.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.