sicnot

Perfil

Mundo

HSBC despede seis funcionários que filmaram falsa execução do Estado Islâmico

O banco britânico HSBC despediu seis funcionários por terem filmado um vídeo de uma falsa execução, semelhante às do grupo Estado Islâmico, durante uma ação de motivação da empresa, anunciou hoje um porta-voz.

© Peter Nicholls / Reuters

O vídeo, que mostrava os empregados do banco encapuzados com uma faca encostada a um homem de joelhos, que vestia um fato cor de laranja, foi divulgado pelos autores. É possível ouvir um dos funcionários a gritar "Allahou akbar" (Deus é grande, em árabe).

"Tomámos a decisão de despedir as pessoas implicadas", declarou um porta-voz do HSBC.

"Este vídeo é abjeto e o HSBC deseja pedir desculpa a todos os que se possam sentir ofendidos", acrescentou.

Os autores realizaram o vídeo durante uma ação de motivação para funcionários, que ocorreu num centro de karting em Birmingham.

O grupo Estado Islâmico, que controla vastos territórios no Iraque e na Síria, executou mais de 3.000 pessoas desde a proclamação do Califado Islâmico.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47