sicnot

Perfil

Mundo

Polícia russa lança "manual" sobre selfies seguras após série de mortes

A polícia russa lançou esta terça-feira um "manual" sobre como tirar 'selfies' mais seguras, após uma dúzia de mortes e cerca de 100 pessoas feridas este ano devido a poses arriscadas enquanto se auto-fotografavam.

"Uma 'selfie' espetacular pode custar-lhe a vida", alerta um panfleto produzido pelo Ministério do Interior. (Arquivo)

"Uma 'selfie' espetacular pode custar-lhe a vida", alerta um panfleto produzido pelo Ministério do Interior. (Arquivo)

© Sergei Karpukhin / Reuters

"Uma 'selfie' espetacular pode custar-lhe a vida", alerta um panfleto produzido pelo Ministério do Interior. 

O "manual" surge depois de uma série de casos, como o de uma jovem de 21 anos que disparou um tiro na própria cabeça quando tirava uma 'selfie'. O acidente não foi mortal, mas a jovem mulher ficou gravemente ferida.  

Em janeiro, na região dos montes Urais, dois jovens morreram na explosão de uma granada quando se faziam fotografar segurando uma granada de mão à qual retiraram o pino de segurança. O telemóvel com a 'selfie' "sobreviveu" à explosão e revelouo acontecido.

Em maio, um adolescente da região de Ryazan, a sudeste de Moscovo, morreu quando acidentalmente entrou em contato com cabos elétricos ao tentar tirar uma fotografia a escalar uma ponte de caminho de ferro. 

"Infelizmente temos vindo a notar um aumento continuado do número de acidentes causados pelos amantes das 'selfies'", disse Yelena Alexeyeva, assessora do ministro do Interior russo.

 "Antes de tirar uma 'selfie', todas as pessoas deveriam pensar que a corrida para obterem o maior número de 'likes' (nas redes sociais pode) levá-los a uma viagem mortal e tornar póstuma a sua mais recente fotografia espetacular", sublinhou.

O panfleto em forma de manual faz parte de uma campanha, que inclui também um vídeo e conselhos na página da Internet do Ministério do Interior.

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.