sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Sul dá asilo a três norte-coreanos que desertaram

A Coreia do Sul vai dar asilo a três norte-coreanos resgatados quando estavam à deriva e que pediram para ficar no país, informou hoje o Ministério da Unificação.

© Kim Hong-Ji / Reuters

Cinco norte-coreanos - quatro pescadores e um agricultor - passaram, no sábado, a fronteira para o Sul, no Mar do Japão, depois de perderem controlo do seu barco, tendo sido resgatados pelas autoridades de Seul.

Quando questionados sobre a sua intenção, três manifestaram vontade de permanecer na Coreia do Sul e dois pediram para regressar a casa, indicou à Efe uma representante do Ministério da Unificação.

O Governo sul-coreano notificou a Coreia do Norte, através da linha telefónica de Panmunjeom, único canal de comunicação civil entre os países, que ia apenas enviar de volta os que manifestaram essa vontade.

O regime de Kim Jong-un respondeu com um fax, em que exigiu que Seul repatrie os cinco norte-coreanos.

"Não vamos aceitar esse pedido, já que devemos respeitar a vontade destas pessoas", afirmou a representante de Seul.

Esta é a segunda vez em menos de um mês que embarcações norte-coreanas à deriva chegam à Coreia do Sul, ainda que na ocasião anterior, em meados de junho, todos os marinheiros tenham decidido regressar a casa.

Lusa

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos oito jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.