sicnot

Perfil

Mundo

Grupo Estado Islâmico pirateia página do Observatório Sírio de Direitos Humanos

Simpatizantes do grupo extremista Estado Islâmico (EI) piratearam a página na Internet do Observatório Sírio dos Direitos Humanos, indicou hoje o diretor desta organização não-governamental, Rami Abderrahman.

© Mal Langsdon / Reuters

O responsável da ONG síria precisou que o autodenominado "Ciberexército do Califado" colocou no sítio da internet uma fotomontagem dele, ajoelhado e vestido com um fato-macaco cor de laranja, juntamente com um verdugo dos 'jihadistas', que tem uma mão no seu pescoço enquanto na outra segura uma faca.

Numa mensagem em árabe e inglês, os extremistas afirmam que "num ataque surpresa, o 'Ciberexército do Califado' entrou na página eletrónica do chamado Observatório Sírio dos Direitos Humanos e destruiu toda a sua informação".

Neste momento, não é possível aceder ao sítio na Interne da ONG, com sede no Reino Unido mas que tem uma vasta rede de ativistas a operar em território sírio.

Abderrahman confirmou que os piratas informáticos eliminaram todos os dados que a página eletrónica continha, embora tenha acrescentado que os perfis das redes sociais Twitter e Facebook da organização continuam a funcionar.

O Observatório é um dos poucos grupos sírios que informam sobre o que se passa no terreno nas zonas dominadas pelo EI na Síria, além de documentar casos em áreas sob o controlo do regime de Bashar al-Assad e de outras organizações armadas.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.