sicnot

Perfil

Mundo

Localizados destroços de helicóptero angolano e corpos de seis ocupantes

A polícia angolana anunciou hoje ter recuperado no município de Conda, centro-litoral de Angola, os destroços de um helicóptero desaparecido desde quinta-feira da semana passada e dos corpos dos seis ocupantes que seguiam a bordo. 

O aparelho, da SonAir, empresa do grupo petrolífero estatal Sonangol, estava ao serviço do Instituto Nacional de Emergências Médicas de Angola (INEMA), e foi recuperado hoje na zona onde se concentravam as buscas desde o seu desaparecimento, tendo em conta relatos de populares, mas dificultadas pela falta de acessos.

Em conferência de imprensa, o comandante da Polícia Nacional na província de Cuanza Sul informou que os destroços da aeronave foram localizados hoje numa zona a cerca de 100 quilómetros do Sumbe, a capital da província.

"Temos também localizados os seis corpos", disse o comissário Alberto Lisboa Mário, sublinhando que a operação foi possível de concretizar também com o apoio e conhecimento de terreno dos sobas (autoridades tradicionais) da região.

O helicóptero, que desapareceu quando voava entre Sumbe e Waku-Kungo, levava a bordo seis pessoas - piloto, copiloto, mecânico de bordo, dois enfermeiros do INEMA e um polícia de trânsito - que prestavam serviço de apoio à sinistralidade rodoviária.

De acordo com testemunho de alguns caçadores da região de Ninhime - onde foram recuperados os destroços -, o aparelho foi visto a sobrevoar a zona, montanhosa e com uma floresta densa, tendo de seguida se escutado uma explosão.

As buscas estavam no terreno desde quinta-feira, mas estavam a ser dificultadas também pelo nevoeiro na zona, habitual nesta altura do ano.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.