sicnot

Perfil

Mundo

Greve do Metro lança caos em Londres

Uma greve dos trabalhadores do Metro de Londres, Inglaterra, obrigou hoje, e pela primeira vez em treze anos, ao encerramento de todas as linhas, que são utilizadas por três milhões de pessoas por dia, provocando o caos.

© Peter Nicholls / Reuters

A greve, que começou às 17:30 (mais uma hora em Lisboa) de quarta-feira e termina hoje à noite, foi marcada pelos trabalhadores em protesto contra a intenção da empresa London Underground de aumentar o horário de serviço aos fins de semana e em defesa por melhores salários, como relata a agência noticiosa Efe.

A paralisação, convocada após o fracasso das negociações entre os sindicatos e a empresa, coincide com outra greve dos trabalhadores da linha ferroviária First Great Western, que liga Londres (a partir da estação de Paddington) a várias cidades do sul de Inglaterra.

A greve está a provocar sérios problemas a milhões de pessoas, havendo já longas filas nas paragens de autocarros, situação já classificada de "caos".

Em alguns casos, os condutores negaram-se a conduzir os autocarros porque estavam muito cheios e nenhum passageiro queria sair, adiantam hoje vários meios de comunicação social locais.

Lusa

  • Rebeldes sírios e Daesh confrontam-se na cidade de Al-Bab
    0:44

    New Articles

    Depois da operação militar da Turquia na cidade síria Al-Bab, os rebeldes sirios retomam os confrontos diretos com militantes do Daesh. Foram hoje reveladas imagens publicadas numa rede social, que mostram a cidade de Al-Bab, um dos principais alvos dos combates entre a Turquia e o aliados ocidentais, o Daesh e alguns dos rebeldes que lutam contra o regime de Bashar Al-Assad.