sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 23 mortos em debandada no Bangladesh

Pelo menos 23 pessoas morreram hoje, vítimas de uma debandada durante a distribuição gratuita de roupa na cidade de Mymensingh, no norte do Bangladesh.

Arquivo

Arquivo

ABIR ABDULLAH

Fontes policiais adiantaram que pelo menos 23 pessoas morreram e 24 ficaram feridas na sequência da confusão durante a distribuição de roupa organizada por um empresário do norte do Bangladesh.

A "avalancha humana aconteceu cerca das 5:00 locais, na residência do proprietário de uma fábrica de tabaco na localidade de Mymensingh, a cerca de 132 quilómetros a norte de Daca", de acordo com as mesmas fontes policiais.

Cerca de um milhar de pessoas deslocaram-se à propriedade do fabricante e tabaco depois do 'sehri', almoço prévio ao jejum durante o mês sagrado islâmico do Ramadão, para recolher os bens.

"As últimas informações dão conta de 23 mortos e quatro pessoas continuam internadas no hospital", disse à agência espanhola Efe Mohamed Qamrul Islam, oficial da polícia responsável pelo bairro de Kotwali, onde aconteceu a tragédia.

Outras 20 pessoas receberam os primeiros socorros, referiram as fontes policiais, acrescentando que foram ainda feitas oito detenções, entre elas o proprietário da fábrica Shamin Talukder.

As "avalanchas humanas" são habituais no sul da Ásia, onde as concentrações de gente são frequentes, especialmente durante a celebração dos festivais religiosos.

Lusa

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36

    País

    O homem que ficou conhecido como o "bombeiro herói" foi distinguido este domingo, em Évora. Rui Rosinha, de 40 anos, ficou gravemente ferido num acidente durante o combate aos incêndios de Pedrógão Grande. Hoje, tem uma incapacidade de 85% e estará a receber do Estado uma pensão de apenas 267 euros.

  • As histórias e os tesouros desconhecidos das catedrais e mosteiros do norte
    5:23